“Este é o meu legado”: sozinho, homem plantou 19 mil árvores em SP

Morador da Zona Leste de São Paulo, Hélio Santos, 64 anos, plantou, sozinho, 19 mil árvores no bairro onde vive há 50 anos, para proporcionar uma melhor qualidade de vida a todos os cidadãos. Ele se autointitula “O plantador de árvores” e não é para menos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles vão destruir 500 árvores e eu vou plantar mais 500. Eles vão cansar de destruí-las, mas eu não vou parar de plantá-las”, disse Santos ao portal Pensamento Verde.

O plantio começou 12 anos atrás, numa área pública do bairro da Penha, na Zona Leste da capital paulista, às margens do córrego Tiquatira. Sem a ajuda de ninguém, Santos plantou diversas mudas de árvores, entre elas, 150 espécies nativas da Mata Atlântica. A cada árvore plantada, uma é frutífera.

“Esse espaço era terra de ninguém, as pessoas faziam o que queriam aqui. E se um espaço público também é meu, eu vou fazer alguma coisa, mas vou fazê-la para o bem coletivo. Aí pensei e executei. Agora o meu objetivo é transformar esta área em uma extensão da Mata Atlântica”, disse.

Mas não foi fácil, Santos precisou enfrentar a resistência de parte da população, que destruiu muitas das mudas plantadas. “Na primeira tentativa, eu plantei 200 mudas. Destruíram todas. Na segunda, plantei 400. Voltaram a destruir. Na terceira, plantei logo 5 mil”, contou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em 2007, com mais de 5 mil mudas plantadas e cuidadas pelo empresário, o local passou a ser cada vez mais frequentado, muito por conta da proximidade com a Unidade Básica de Saúde da região. O número de visitas saltou de 200 para 2.500, chamando a atenção do poder público. “Aos poucos, foram aparecendo algumas benfeitorias no espaço, como segurança e banheiros públicos.”

Os esforços de Santos deram origem ao Parque Linear Tiquatira, o primeiro da capital focado na preservação ambiental ao longo de extensões de água, daí o “linear”.

Daqui a 30 anos, Santos espera ter plantado 50 mil árvores, todas nativas da Mata Atlântica. Disposição não falta: “Eu vou plantar árvores até não poder mais. Vou viver até os 87 anos, já fiz um pacto com Deus”, brincou. “Imagine um Jequitibá plantado aqui. Daqui a mil anos ele ainda estará aqui. O homem só precisa deixar”, completou. Alguém duvida?

parque-tiquatira

parque-tiquatira3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Parque

Fotos: Divulgação

via [Pensamento Verde]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como uma mãe melhorou a vida do seu filho autista pela alimentação

Claudia Marcelino foi doceira por 16 anos, até que descobriu na dieta sem glúten, sem lactose e sem aditivos químicos, uma aliada no tratamento...

Médica faz festinha de aniversário para garoto durante troca de sangue

Sem a troca de sangue, o garoto corre o risco de ter um AVC isquêmico.

Família monta supermercado em casa para vovó com Alzheimer fazer compras

Uma família australiana transformou a sala de estar de casa em um supermercado improvisado para que a vovó pudesse fazer compras e se divertisse...

Tirilo, o cão-frentista, viraliza e ganha milhares de fãs

A internet está apaixonada pelo cão-frentista de um posto de gasolina em Indaiatuba-SP.

Avó de 63 anos aprende a ler com as aulas remotas do neto na pandemia

As aulas remotas do neto de 7 anos ajudaram Marlene Hinckel, 63, a ler suas primeiras palavras. Em 2019, Marlene, que mora em Florianópolis...

Instagram