Este homem deixou R$ 6,6 milhões de herança para os seus funcionários

O magnata italiano da indústria de produção de rolhas e rótulos para garrafas de vinho Piero Macchi deixou no seu testamento R$ 6,6 milhões para os funcionários da sua fábrica. A “herança” beneficiou 250 trabalhadores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Piero morreu em junho de 2015, aos 87 anos. Cada funcionário recebeu um cheque com um valor correspondente ao seu tempo de trabalho na empresa. Os mais novos receberam R$ 8.800 e os mais antigos, R$ 44.000,00.

Ele deixou parte do seu patrimônio para os funcionários porque os considerava parte de sua família.

“Esse gesto pode ter mudado a vida de algumas pessoas, o que era justamente o objetivo da ação”, disse Giovanna Macchi, uma das filhas de Piero, ao jornal Corriere della Sera.

Piero fundou a Enoplastic em 1957, em Bodio Lomnago, na região dos Alpes. Com ideias inovadoras, a empresa se tornou uma referência. “Ele não queria apenas capital para investimento. Ele queria pessoas que garantissem a continuidade de sua companhia”, disse um sócio do empresário sobre a visão empresarial de Macchi além do lucro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via [R7]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,444,158SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Este homem já salvou mais de 2 milhões de bebês graças ao seu sangue raro

Este homem possui algo especial nele além do grande coração, ele possui um tipo sanguíneo muito raro, que é aplicado na criação de uma...

Neto visita avó à distância em PE: ‘Não vou me aproximar porque te amo, viu?’

A visita que Edmilson Leão foi fazer à avó na quinta-feira passada (26) foi um pouco diferente daquela que ele está habituado. Geralmente ele pede...

Príncipe Harry pressiona fim do casamento infantil no Nepal

O príncipe Harry, em uma excursão de quatro dias pelo Nepal, disse que a educação e a mudança das pessoas são cruciais para acabar...

Paranaense de 84 anos vence maratona no Deserto do Saara

Um paranaense de 84 anos viajou quase 10 mil quilômetros para competir – e vencer! – a Maratona do Deserto do Saara 2019, no Marrocos. Antonio...

Instagram