Após post viralizar, estudante de jornalismo que é caixa de supermercado consegue estágio

“Ainda não consegui minha tão esperada oportunidade no jornalismo, mas enquanto ela não chega, todos os dias faço minha contribuição, trabalhando como caixa de supermercado, serviço essencial que não parou nessa pandemia”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi com esse texto que Jonathan Sousa, 22 anos, expôs o grande sonho da sua vida e, ao mesmo tempo, a satisfação em poder trabalhar ajudando as pessoas nesse período de pandemia e isolamento social.

Continuo na luta alimentando o sonho de um dia ser um grande jornalista“, dizia na postagem no LinkedIn.

O post rendeu milhares de curtidas e comentários e resultou na tão sonhada vaga para trabalhar na área. Jonathan ganhou um estágio numa agência de publicidade, a SupremeAg.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagem de caixa de supermercado
Jonathan postou foto no trabalho, falou do sonho e agradeceu por poder estar ajudando as pessoas na pandemia. Foto: Arquivo pessoal

“Fiquei três anos e meio procurando uma oportunidade e nada, e agora depois de tudo isso, eles me convidaram para fazer parte da agência. Disseram que vão me ensinar, que eu vou aprender, que é uma chance de eu conseguir fazer minha carreira“, relatou.

A repercussão foi tanta que o operador de caixa de supermercado já fez contato com chefes de reportagem de grandes veículos da imprensa, emissoras de TV e por aí vai…

“Quando eu postei a foto em alguns grupos, umas pessoas ficaram até me zoando, dando risada e tal. E aí decidi postar no LinkedIn, contar a minha história, vai repercutir e pensei: vou conseguir a minha vaga, e foi o que aconteceu”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jonathan trabalha como caixa de supermercado para ajudar a família de sete pessoas

Jonathan é um rapaz simples do bairro Paraisópolis (SP), estudou em escola pública e mora em um pequeno apartamento alugado de um programa habitacional do governo, onde mora com os pais, quatro irmãos e uma sobrinha de quatro meses.

Ele e o pai são as pessoas da casa que trabalham para ajudar a manter a família. “A soma das rendas é geralmente para as contas“, revela.

O garoto precisa sair cedo de casa para trabalhar, pega transporte público e à noite faz faculdade de jornalismo na Uninove. Sua história é parecida com a de um estudante, também da periferia de São Paulo, convidado para estudar medicina em Harvard.

Caixa de supermercado na faculdade onde estuda jornalismo escrevendo em carteira
Jonathan batalha diariamente para conseguir se formar e realizar sonho. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quase não sobra tempo para estudar, mas ele nunca deixou de acreditar. “Eu já estava no sétimo semestre da universidade e não conseguia uma vaga”, explicou.

Vamos realizar o sonho do jovem Paulo de fazer faculdade e se tornar um grande chef! Clique e aqui e saiba como ajudá-lo.

Paixão pelo jornalismo vem do rádio porque família nunca teve TV em casa

A grande beleza da história vem agora. Jonathan é apaixonado pelo jornalismo porque nunca teve TV em casa e o rádio despertou o fascínio no garoto pelos jornalistas.

A figura do jornalista, do repórter, do narrador sempre me encantou e aí quando eu fui decidir um curso eu decidi por jornalismo porque era onde eu queria trabalhar um dia”, disse.

Jonathan também decidiu seguir a carreira pelo papel social do jornalismo.

“O jornalismo tem um papel social de representar, de fiscalizar os poderes e de fiscalizar as ações do sistema em relação às pessoas que são menos favorecidas, às pessoas que são negras como eu, que sofrem preconceito. O jornalismo tem essa função e é o que me motiva”, avaliou.

Agora, é só começar o estágio na agência, que fica em São Caetano, no ABC Paulista. “Minhas expectativas pro futuro são muito boas. Espero conseguir aprender muita coisa”, finalizou.

E com certeza você vai, Jonathan!

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,993,160SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vovô monta outdoor para comemorar nascimento do primeiro neto em Caxias do Sul (RS)

O gerente operacional Rodrigo Rezer Frazzon ficou tão feliz com o nascimento do neto, que tratou de fazer um outdoor para homenagear a filha...

Dia do Índio: da tradição a novos espaços, conheça as histórias de 7 indígenas inspiradores

19 de abril é o Dia do Índio, data comemorada no Brasil e em outros países do continente americano, também conhecido como Dia dos...

Cobrador de ônibus que fala 10 idiomas sonha trabalhar em consulado

A história do cobrador de ônibus Edmilson Antonio Silva, de 44 anos, morador de Petrópolis (RJ) ganhou as redes sociais no mesmo dia do...

Mulher resgata pit bull que estava deitado em ferrovia segundos antes de um trem passar [VIDEO]

Uma pessoa cheia de empatia sabe que nenhuma vida vale menos do que outra, e sempre em que se é possível ajudar o próximo,...

‘Gambito Africano’! Nigeriano de 10 anos se torna Mestre Nacional de Xadrez dos EUA

Nascido na Nigéria e refugiado nos Estados Unidos, Tani Adewumi, 10 anos, se tornou um Mestre Nacional de Xadrez. Mas essa não é 1ª...

Instagram