Estudante de 14 anos junta 6 mil livros para criar biblioteca na zona rural de MT

O estudante Jefferson Gabriel da Silva percebeu a falta que faz uma biblioteca quando precisou fazer uma pesquisa para um trabalho da escola onde estudava, já que não possuía computador, e descobriu que não havia biblioteca na região onde mora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi aí que surgiu a ideia de criar a primeira biblioteca do distrito rural de Bonsucesso, em Várzea Grande, na Grande Cuiabá. O espaço beneficiaria não apenas Jefferson, mas todo os moradores do distrito. A bordo de sua bicicleta, o estudante bateu de porta em porta em busca de doações de livros para a futura biblioteca. Tudo começou em 2015, desde então, Jefferson arrecadou 6 mil livros. Muitos foram doados por pessoas de outras cidades, que ficaram sabendo da iniciativa.

“No começo, ele pedia livros para todos e, quando conseguia, carregava tudo na bicicleta”, disse a mãe de Jefferson, Janice Ferreira, à Folha de S. Paulo.

A avó de Jefferson permitiu que ele construísse a biblioteca em um terreno que ela tem em frente à casa do jovem. A primeira doação para erguer a tão sonhada biblioteca de Bonsucesso surpreendeu Jefferson, durante um evento para o qual foi convidado.

“Disseram que havia um presente pra mim e quando vi, estava em frente à Xuxa. Foi emocionante e ala ainda doou R$ 5.000”, disse. Além do valor em dinheiro, Jefferson ganhou um projeto arquitetônico para a biblioteca. E as doações não pararam de chegar. Alguns meses depois, o estudante recebeu mais R$ 5.000 do Bope (Batalhão de Operações Especiais) de MT, dinheiro arrecadado em um evento do grupo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estudante de 14 anos junta 6 mil livros para criar biblioteca na zona rural de MT 2

Depois, foi a vez do Governo do Mato Grosso apoiar o projeto, com a doação de equipamentos, incluindo as estantes para os livros, que serão entregues quando a obra terminar. A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos permitiu que os presos trabalhassem na construção do espaço. A base da biblioteca foi concluída no final do ano passado, mas ainda faltam R$ 20 mil para fazer o telhado e os acabamentos.

“Não temos condições financeiras para terminar, por isso não há previsão para que a biblioteca fique pronta”, diz o jovem, que corre atrás de novos auxílios para realizar o sonho dele e de toda sua comunidade. “É triste, porque as pessoas perguntam quando vai ficar pronta. Eu digo que não sei. É complicado saber quando vou terminar.”

Jefferson conta com a ajuda de duas bibliotecárias voluntárias para cuidar e selecionar os livros, pois a biblioteca só poderá abrigar 2.500 livros dos 6 mil que ele já tem. O adolescente de 14 anos também ganhou uma bolsa de estudos em uma escola particular de Cuiabá, onde cursa o 8º ano do ensino fundamental. Lá, ele encontrou uma realidade bem diferente da escola onde estudava, com muitos livros para acessar.

Agora, Jefferson luta para que os moradores de Bonsucesso tenham o mesmo acesso ao conhecimento que ele. “Quero terminar a biblioteca e fazer com que as crianças e os adultos de minha comunidade tenham acesso ao conhecimento. Quero atender até pessoas de outros lugares”, finaliza.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a matéria completa aqui.

Foto: Marcus Mesquita/MídiaNews

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,786SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Te ajudamos a criar filhos que vão mudar o mundo

Scott Dadich, resolveu escrever um relato muito honesto para a Wired, onde é editor, falando como ajudar seus filhos a tornarem o mundo melhor. “Alguns...

Costa Rica consegue gerar energia 100% limpa durante 300 dias ao ano e isso é maravilhoso

Enquanto alguns países não estão nem um pouco preocupados com o meio ambiente e com o futuro de nosso planeta, outros podem se orgulhar,...

Em SP, ciclistas encontram cão abandonado em estrada e o levam para casa

Um grupo formado por vários ciclistas que estavam pedalando na Rodovia dos Bandeirantes, que liga São Paulo ao interior, teve uma atitude linda e...

Agora é lei: Escolas públicas de Campo Grande deverão ter hortas educativas

O prefeito da cidade, Alcides Bernal, sancionou em dezembro a lei 5.769, que institui o “Programa Hortas Escolares”, nas escolas.

Instagram

Estudante de 14 anos junta 6 mil livros para criar biblioteca na zona rural de MT 3