Estudante que havia ficado paralítico, volta a andar para pegar seu diploma na graduação

Um estudante universitário de Iowa ficou paralítico após uma lesão esportiva durante seu primeiro ano.  Na época, os médicos falaram que ele tinha apenas 3% de chance de voltar a ter os movimentos abaixo do pescoço. Ainda assim, Chris Norton, 23 anos, definiu uma meta aparentemente impossível: atravessar andando para pegar seu diploma na sua graduação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após mais de quatro anos de terapia e alguma ajuda de sua noiva, Emily Summers, Norton conseguiu realizar essa façanha. No dia da colação, ele andou pelo palco para receber seu diploma – com Summers ao seu lado. Ele a pediu em casamento no dia anterior.

Norton fraturou parte de sua coluna em 2010, durante um jogo de futebol. Além de sua história ser um incentivo a todos com lesões semelhantes a não desistirem, ele foi além.

O estudante descobriu que o seguro não cobria esse tipo de lesão. Foi quando começou uma fundação para arrecadar dinheiro para as pessoas que não têm acesso a equipamentos que possam ajudá-los a se recuperar.

Os itens incluem uma bicicleta de exercício, cadeira de rodas de US $ 25.000 e um sistema de reabilitação de 15.000 dólares, segundo o site Norton’s SCI CAN Foundation.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Muitas pessoas, inclusive eu, tiveram medo do fracasso, é humano. Mas se você faz tudo ao seu alcance para realizar seus sonhos, no final do dia, você pode se orgulhar e ser feliz com o quão longe você foi,” disse, acrescentando: “As coisas boas vão aparecer no seu caminho.”

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,559,192SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escolas do RJ tiram mais de 11 mil toneladas de gordura da merenda escolar

Alimentos como salsicha, batata frita e refrigerantes foram retirados da alimentação de mais de 30 mil crianças de escolas da rede pública de ensino...

Este Pit Bull não para de sorrir desde o dia em que foi adotado

Nenhuma raça de cachorro divide tanto a opinião de especialistas e donos como os Pit Bulls. Algumas pessoas gostam enquanto outras consideram a raça...

Ela era merendeira mas voltou a estudar aos 38 anos e hoje tem mestrado

A educação é mesmo extremamente importante para que a gente possa correr atrás de nossos sonhos e até mesmo mudar totalmente de vida! Sergiana...

Artista embeleza fachadas de casas de povoado baiano com fotografias em tamanho real

Em 2014, a artista visual Maristela Ribeiro, professora do Instituto Federal da Bahia (Ifba), instalou incríveis fotografias em tamanho real nas fachadas de casas...

Após cair de escada, mãe se recusa a tomar analgésico para não interromper amamentação

Mesmo sentindo fortes dores, após cair de um lance de escada e ir parar no hospital, a australiana Thamalia Muller Benjamin Greenbury-Hall, abriu mão...

Instagram