Estudante que havia ficado paralítico, volta a andar para pegar seu diploma na graduação

Um estudante universitário de Iowa ficou paralítico após uma lesão esportiva durante seu primeiro ano.  Na época, os médicos falaram que ele tinha apenas 3% de chance de voltar a ter os movimentos abaixo do pescoço. Ainda assim, Chris Norton, 23 anos, definiu uma meta aparentemente impossível: atravessar andando para pegar seu diploma na sua graduação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após mais de quatro anos de terapia e alguma ajuda de sua noiva, Emily Summers, Norton conseguiu realizar essa façanha. No dia da colação, ele andou pelo palco para receber seu diploma – com Summers ao seu lado. Ele a pediu em casamento no dia anterior.

Norton fraturou parte de sua coluna em 2010, durante um jogo de futebol. Além de sua história ser um incentivo a todos com lesões semelhantes a não desistirem, ele foi além.

O estudante descobriu que o seguro não cobria esse tipo de lesão. Foi quando começou uma fundação para arrecadar dinheiro para as pessoas que não têm acesso a equipamentos que possam ajudá-los a se recuperar.

Os itens incluem uma bicicleta de exercício, cadeira de rodas de US $ 25.000 e um sistema de reabilitação de 15.000 dólares, segundo o site Norton’s SCI CAN Foundation.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Muitas pessoas, inclusive eu, tiveram medo do fracasso, é humano. Mas se você faz tudo ao seu alcance para realizar seus sonhos, no final do dia, você pode se orgulhar e ser feliz com o quão longe você foi,” disse, acrescentando: “As coisas boas vão aparecer no seu caminho.”

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,251,277SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Senhora distribui pão de queijo, café (e amor!) às pessoas envolvidas em acidente em BH

Uma vez falamos sobre uma aposentada em Fortaleza que distribui cafés (e amor!) pelas ruas de seu bairro para deixar o dia de seus vizinhos...

Menino de 10 anos cria museu em homenagem a Luiz Gonzaga

Aos 8 anos, em 2013, Pedro Lucas Feitosa visitou o Museu do Gonzagão, em Exu (PE). A experiência foi tão única que ele resolver criar seu...

Funcionário da Gol antecipa voo de homem para transplante

No primeiro semestre de 2018, a Gol, através do programa Asas do Bem, transportou 757 órgãos gratuitamente. Em 2017, foram 1.335.

Internautas se mobilizam para ajudar catador idoso que criou seu próprio pegador de latinhas para se proteger da Covid-19

Criatividade e necessidade andam lado a lado na vida de Erivaldo Calixto, 63 anos. O idoso, de Olinda (PE), inventou um dispositivo com canos...

Filhotes de humanos

Encontrei essas imagens num board do Pinterest, e adorei! O título já diz muito sobre o estilo das imagens:

Instagram