Estudante que vendia bombons no ônibus para pagar faculdade se forma em medicina

Estudante que vendia bombons no ônibus para pagar faculdade se forma em medicina 1Casado e pai de duas meninas, Jessé Soares vendia bombons nos ônibus de Belém para pagar as despesas com material da faculdade de medicina da Universidade do Estado do Pará (UEPA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • O livro Seu Sonho tem Futuro veio para que você viva seu sonho e crie renda extra, sem gastar dinheiro próprio!

Nascido em Limoeiro do Ajuru, cidade com 25 mil habitantes localizada no nordeste do Pará, ele completou o ensino médio graças ao esforço da mãe, agente comunitária de saúde, e do pai, carpinteiro.

jesse

Em 2009 ele conqusitou uma vaga na faculdade, quando se mudou para um quitinete no bairro do Guamá, em Belém. No mesmo ano, a namorada dos tempos de cursinho ficou grávida da primeira filha. Com a necessidade de reforçar os ganhos, ele passou a vender bombons por R$ 0,50 nos coletivos da capital.

Em 2013, Jessé fez uma campanha nas redes sociais para arrecadar dinheiro suficiente para se manter até o final do curso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No último dia 20, Soares concluiu o curso e conseguiu seu registro profissional e agora espera receber o primeiro salário para poder comemorar a conquista com amigos e a família.

“Foram vários momentos em que batia uma angústia de querer estudar e não ter condições, mas sempre vinha um sentimento de que, quando eu terminasse, as coisas seriam melhores. E estão melhorando”, comemora em entrevista ao site G1. “A cerimônia na universidade foi simples, agora aguardo o fim do mês para receber e fazer uma comemoração com os amigos”, disse.

jesse_1

O próximo passo segundo o recém-formado médico é escolher uma área de especialização. “Estou estabilizando minha vida para fazer residência. Eu quero oncologia ou neuro, que são áreas que exigem bastante dedicação e estudo. Ainda não decidi se vou fazer as provas no final do ano ou em 2016”, relata.

Segundo Soares, sua dificuldade serviu de motivação para garantir o futuro das filhas Ewelyn e Ana Clara. “Eu vou investir na educação delas, para que não aconteça com elas o que aconteça comigo. A minha história é legal porque terminou bem, mas não desejo o que eu passei para ninguém. Espero que elas tenham uma vida mais fácil”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E se você também tem um sonho, este livro te ajudará a dar o próximo passo.

Estudante que vendia bombons no ônibus para pagar faculdade se forma em medicina 2

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,844,630SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

INCA lança portal exclusivo para doadores voluntários de medula óssea

O Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) lançou no último dia 18 um portal exclusivo para doadores voluntários de medula...

Brasileiros abrem suas casas para desconhecidos que fogem de furacão nos EUA

O caos parece ter sido instalado nos Estados Unidos. Com o furacão Florence prestes a atingir três estados, Carolina do Sul, Carolina do Norte...

“Cápsula do tempo” possibilita gravar mensagens em vídeo que só serão vistas no futuro

Uma forma bastante efetiva de cuidar é guardar um dinheiro para a pessoa que tanto amamos tenha perspectivas promissoras.

Senado aprova prisão para quem cometer racismo e discriminação na web

Mas que notícia sensacional que acabamos de saber, com informações do Bhaz: Foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), um projeto de lei...

Menina celebra 15 anos ao lado de socorristas que salvaram sua vida após acidente

Para a jovem Raquel Moro de Farias, que recentemente completou 15 anos de idade, motivos lhe sobraram para comemorar e valorizar a vida, como...

Instagram

Estudante que vendia bombons no ônibus para pagar faculdade se forma em medicina 4