Estudante supera crise financeira abrindo delivery de comida vegetariana com apenas R$ 300, em SP

Ultimamente a gente tem se inspirado bastante com histórias de pessoas que do nada construíram algo muito sólido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi assim que aconteceu com Maitê, que estava sem grana, sem ter como pagar a faculdade, cheia de dívidas, com problemas na família, início de depressão e deu a volta por cima abrindo um delivery de comida vegetariana e vegana com apenas R$ 300,00.

“A gente não tinha nada, nada!”, conta ela. Maitê trabalhava há quatro anos em uma empresa e estudava arquitetura numa faculdade particular em São Paulo. O valor da mensalidade aumentou e ela decidiu ir estudar em São João da Boa Vista, onde conseguiu uma bolsa de estudos.

Estudante supera crise financeira abrindo delivery de comida vegetariana com apenas R$ 300, em SP 3
Foto: Instagram @_saboreamoor

Maitê procurou emprego de ponta a ponta da cidade e não encontrou para nenhuma função. Teve então que trabalhar como freelancer ganhando R$ 400,00 por mês e as contas iam se acumulando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A jovem entrou em processo depressivo e começou a cozinhar como forma de terapia. Ela e o namorado, Rafael, são vegetarianos e foi ele quem deu a ideia: “Por que nós não vendemos isso?”.

Estudante supera crise financeira abrindo delivery de comida vegetariana com apenas R$ 300, em SP 4
Foto: Instagram @_saboreamoor

Para dar início ao projeto, ela comprou vários doces na cidade do interior, que faz divisa com Minas Gerais e levou para vender em São Paulo. Com o dinheiro que arrecadou, guardou os R$ 300 para investir no negócio.

“E com esses 300 reais compramos embalagens e 20 pães. hahaha só isso! E inauguramos no dia 14 de março. Vendemos cerca de 18 lanches na primeira noite, um verdadeiro milagre”, relembra.

Olha a alegria deles com o sucesso:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sabor e Amor (@_saboreamoor) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pandemia mudou rumos do projeto

Neste mesmo dia em que ela e o namorado começaram a Sabor e Amor, o estado de São Paulo decretou o estado de emergência por causa da pandemia da Covid-19, e tudo mudou.

“Nesse mesmo dia, estourou a pandemia aqui na nossa cidade e fecharam as faculdades. Então, o que seria um trabalho de final de semana, decidimos abrir todos os dias”, contou.

Estudante supera crise financeira abrindo delivery de comida vegetariana com apenas R$ 300, em SP 5
Foto: Instagram @_saboreamoor

Maitê começou a diversificar os produtos e já conquistou uma clientela fiel.  “Não tínhamos noção do que Deus havia preparado pra nós através de cada um que faz isso acontecer diariamente”, disse.

Veja a história do negócio de Maitê e Rafael:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sabor e Amor (@_saboreamoor) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Sabor e Amor (@_saboreamoor) em

“Nosso coração se encheu de alegria por pensar que nosso sonho está sendo realizado dia a dia”, finalizou.

[Nota da Redação]

Surpresa para menino que tentou comprar casa em parcelas de 50 reais:

selo conteúdo original

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,778,819SeguidoresSeguir
23,895SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Rihanna doa R$ 25 milhões para ajudar vítimas do coronavírus

A cantora Rihanna, 32 anos, anunciou no último sábado (21) que sua fundação doará US$ 5 milhões (R$ 25,3 milhões) para organizações que oferecem...

Vovô pinta unha de neta enquanto ela se recupera de cirurgia

Se recuperando no hospital após ser submetida a uma cirurgia, a jovem Ayla Winter-White, 20 anos, publicou um vídeo super fofo em uma rede...

Vestiram um cão de ursinho e filmaram ele andando em uma esteira: fofura ao quadrado!

O vídeo foi postado nessa segunda-feira (24) e já tem mais de 1 milhão de views. E o cãozinho da raça Shih Tzu tem...

Shakira doa 15 milhões de dólares para reconstruir Haiti depois do furacão Matthew

A doação foi feita através da Fundação ALAS, responsável pela reconstrução da ilha.

Universidade em RS dá bom exemplo e faz sua primeira colação de grau totalmente inclusiva

A realização da colação de grau é obrigatória para todos os estudantes que se formam na universidade e vão pegar o seu diploma. Mas...

Instagram

Estudante supera crise financeira abrindo delivery de comida vegetariana com apenas R$ 300, em SP 7