Estudantes baianos vencem torneio da NASA. Superaram 83 países!

Um grupo de estudantes baianos venceu o torneio internacional NASA Space Apps Challenge 2019, realizado em tempo real em 230 cidades de 83 países diferentes e que contou com a participação de 29 mil pessoas em outubro do ano passado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resultado foi divulgado na quarta-feira (22) pela Agência Espacial Americana (NASA).

Formada pelos estudantes Ramon de Almeida, 22 anos, do curso de Engenharia Química, Antonio Rocha, 18 anos, Pedro Dantas, 19 anos, e Genilson Brito, 18 anos, do curso de Administração, e por Thiago Barbosa, 23 anos, do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, a equipe Cafeína criou um sistema capaz de atrair e captar resíduos plásticos dos oceanos.

A equipe agora irá conhecer o Nasa Kennedy Space Center, na Flórida (EUA), onde ocorrem os lançamentos de foguetes. Lá, eles poderão apresentar o seu projeto para a equipe de engenheiros da agência espacial.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para se ter uma ideia do tamanho do feito dos brasileiros, foram mais de 2 mil projetos em disputa na primeira etapa, de todos os lugares do mundo.

A ideia da equipe Cafeína superou as demais por conta de seu objetivo simples e direto: retirar os resíduos plásticos que podem ser ingeridos por animais marinhos.

Leia também: Nubank paga viagem e notebook para estudante baiano finalista de concurso da NASA

Leka Hattori, que representa a NASA Space em Salvador (BA), comemorou a vitória histórica. “Eu já estava comemorando estarmos entre os 30 melhores do mundo, mas chegar a esse resultado em tão pouco tempo é, sem dúvida, uma grande conquista para mim e toda a equipe envolvida no projeto”, disse.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Também é importante para as empresas e instituições que apoiaram o evento, os mentores, palestrantes e jurados voluntários, para o ecossistema de inovação local e, principalmente, os jovens da equipe Cafeína, que vão levar o nome da Bahia para o mundo através da ciência e empreendedorismo.”

Outra equipe brasileira, de São Paulo (SP), ficou entre as 6 primeiras colocadas no mundial.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

Hackathon da NASA em Salvador

No ano passado, 29 equipes brasileiras participaram do hackathon na capital baiana, chegando a cerca de 200 competidores, dos 520 inscritos na primeira etapa do evento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para este ano, espera-se que 500 pessoas disputem o prêmio em Salvador, que também deve acontecer em outras 26 cidades brasileiras – e 200 outras cidades mundo afora.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Correio 24h/Fotos: Marina Silva/CORREIO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,855,310SeguidoresSeguir
25,019SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Plataforma digital une pessoas através da criação de iniciativas colaborativas em rede

Quem adora tecnologia, vai adorar essa novidade. A partir do dia 1º de junho, a Coletivo Trama lança uma plataforma digital para unir a criação de...

Primeira creche para idosos é inaugurada em Porto Alegre

Conheça a Cuidadores, primeira creche particular para idosos de Porto Alegre. Esta opção é uma alternativa para deixá-los seguros e acompanhados durante o dia, noite...

Médico fica depois do plantão para atender paciente idosa que aguardou horas em fila

O atendimento empático e atencioso do médico conquistou a paciente e sua filha, que relatou o caso nas redes sociais.

Terminal de Piraquara oferece caminha para cães de rua

Eles já viviam por lá levando alegria e amor ao ambiente e agora foi a vez deles de receberem carinho de volta. O terminal de Piraquara...

Professor percorre interior do Afeganistão de bike para entregar livros a crianças e adultos

A bordo de sua bicicleta, o professor Saber Hosseini viaja pela zona rural de Bamiyan, no Afeganistão, para entregar livros a crianças e adultos que não têm acesso à educação.

Instagram

Estudantes baianos vencem torneio da NASA. Superaram 83 países! 3