Estudantes baianos vencem torneio da NASA. Superaram 83 países!

Um grupo de estudantes baianos venceu o torneio internacional NASA Space Apps Challenge 2019, realizado em tempo real em 230 cidades de 83 países diferentes e que contou com a participação de 29 mil pessoas em outubro do ano passado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resultado foi divulgado na quarta-feira (22) pela Agência Espacial Americana (NASA).

Formada pelos estudantes Ramon de Almeida, 22 anos, do curso de Engenharia Química, Antonio Rocha, 18 anos, Pedro Dantas, 19 anos, e Genilson Brito, 18 anos, do curso de Administração, e por Thiago Barbosa, 23 anos, do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, a equipe Cafeína criou um sistema capaz de atrair e captar resíduos plásticos dos oceanos.

A equipe agora irá conhecer o Nasa Kennedy Space Center, na Flórida (EUA), onde ocorrem os lançamentos de foguetes. Lá, eles poderão apresentar o seu projeto para a equipe de engenheiros da agência espacial.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para se ter uma ideia do tamanho do feito dos brasileiros, foram mais de 2 mil projetos em disputa na primeira etapa, de todos os lugares do mundo.

A ideia da equipe Cafeína superou as demais por conta de seu objetivo simples e direto: retirar os resíduos plásticos que podem ser ingeridos por animais marinhos.

Leia também: Nubank paga viagem e notebook para estudante baiano finalista de concurso da NASA

Leka Hattori, que representa a NASA Space em Salvador (BA), comemorou a vitória histórica. “Eu já estava comemorando estarmos entre os 30 melhores do mundo, mas chegar a esse resultado em tão pouco tempo é, sem dúvida, uma grande conquista para mim e toda a equipe envolvida no projeto”, disse.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Também é importante para as empresas e instituições que apoiaram o evento, os mentores, palestrantes e jurados voluntários, para o ecossistema de inovação local e, principalmente, os jovens da equipe Cafeína, que vão levar o nome da Bahia para o mundo através da ciência e empreendedorismo.”

Outra equipe brasileira, de São Paulo (SP), ficou entre as 6 primeiras colocadas no mundial.

Estudantes baianos vencem torneio mundial da NASA

Hackathon da NASA em Salvador

No ano passado, 29 equipes brasileiras participaram do hackathon na capital baiana, chegando a cerca de 200 competidores, dos 520 inscritos na primeira etapa do evento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para este ano, espera-se que 500 pessoas disputem o prêmio em Salvador, que também deve acontecer em outras 26 cidades brasileiras – e 200 outras cidades mundo afora.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Correio 24h/Fotos: Marina Silva/CORREIO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Analfabeta que errava remédios da receita médica ganha sorriso novo de dentista

Lembra da dona Cris, aquela senhora de 60 anos analfabeta, que a pressão não baixava porque ela tomava de forma errada os remédios receitados pelo médico?

Motorista de ônibus escolar para todos dias no mesmo lugar para alimentar cão abandonado

No Canadá existe um grupo que chama Feed The Furbabies Canada (Alimente os bebês de pelo), que se dedica a alimentar animais resgatados e...

Vídeo brinca com estereótipos gays para mostrar a diversidade sexual

Todo gay depila, usa gola V, gosta da Lady Gaga, certo? ERRADO. Esqueça esse estereótipos e assista esse vídeo:  

Cada página desse livro é um filtro de água que elimina 99,9% de bactérias mortais

3,4 milhões de pessoas morrem a cada ano devido a doenças relacionadas com a água, 99% das quais ocorrem em países em desenvolvimento. Para...

“eu sou bonita”, “eu sou forte”: mãe e filha de 3 anos viralizam com vídeos de afirmação de autoestima

Scarlett Gray Smith, tem apenas 3 anos e uma autoestima encantadora! A menina de Myrtle Beach, na Carolina do Sul (EUA), publica vídeos diariamente junto...

Instagram