Estudantes cearenses criam câmara que descontamina 50 máscaras usadas em 5 minutos

Um grupo de estudantes cearenses criou um tipo de câmara capaz de descontaminar até 50 máscaras de proteção e EPIs em apenas 5 minutos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo os jovens que frequentam a Unilab, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, a câmara está sendo desenvolvida desde outubro do ano passado.

A ideia é não apenas descontaminar grandes quantidades de máscaras, mas doar os itens reutilizáveis aos hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS).

estudantes cearenses câmara descontamina máscaras

Em entrevista ao Diário do Nordeste, os estudantes contaram que tudo começou quando eles receberam o convite da “The Optical Society” (OSA), nos Estados Unidos, para produzir e pesquisar uma câmara de descontaminação para máscaras do tipo N95.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O grupo é formado por estudantes de Engenharia e Energias e Engenharia da Computação do Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável (IEDS).

Fabricado no Brasil com protocolos de Oxford

A câmara de descontaminação é 100% brasileira, mas segue o protocolo de construção elaborado pela Universidade de Oxford, na Inglaterra – uma das instituições mais prestigiadas do planeta.

estudantes cearenses câmara descontamina máscaras

O laboratório de engenharia do Campus das Auroras, em Redenção (CE), foi quem desenvolveu o primeiro protótipo da câmara com lâmpadas de radiação ultravioleta.

Deu super certo: a radiação esteriliza quaisquer micro-organismos nas máscaras, deixando-as prontas para reuso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O estudante Gefferson Fernandes, aluno líder do projeto, disse que foi um orgulho imenso ter sido aprovado durante o processo seletivo interno da Unilab para participar dessa iniciativa tão relevante.

O impacto que a gente quer causar é que ele de fato fique na comunidade, em Redenção”, explicou.

estudantes cearenses câmara descontamina máscaras

Como a câmara funciona

As lâmpadas de radiação ultravioleta instaladas no dispositivo destroem todo e qualquer ser vivo, por mais microscópico que seja, das máscaras e equipamentos de proteção individual.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa exposição não causa qualquer dano ao objeto, pelo contrário: eles ficam perfeitos para uso, como se fossem novos.

Com a câmara, o professor orientador do projeto, Dr. Sabi Yari Moïse Bandiri, diz ser possível descontaminar até 50 peças por vez. Muito legal, né? 😊

Até o final deste mês, a câmara de descontaminação será doada para o Hospital Filantrópico do município de Redenção, no Ceará.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Fonte: Diário do Nordeste
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como fazer uma diferença significativa no mundo vendendo sorvetes?

A relação entre fazer a diferença no mundo e vender sorvetes pode não ser clara à primeira vista, mas a Ben & Jerry’s mostra...

Senhora de 80 anos arrasa no Britain’s Got Talent!

Esse vídeo mostra uma senhora de 80 anos, Janey Cutler, sete filhos, treze netos e quatro bisnetos, que se apresentou no Britain's Talent em...

Artista remove maquiagem de bonecas para deixá-las parecidas com uma criança do mundo real

Você pode não ter reparado, mas as bonecas mais famosas do mundo promovem uma sexualização precoce das meninas.

Morador de rua ganha ‘dia de beleza’ e fica irreconhecível

A foto depois da transformação mostra o quanto ele está se sentindo uma pessoa melhor.

Garoto fofo de 4 anos com altas habilidades surpreende por falar inglês, ler e fazer contas sem estar na escola

Um vídeo que circulou nas redes sociais este mês chamou a atenção pela perfeição de uma garotinha ao pronunciar palavras dificílimas com dicção melhor...

Instagram