Estudantes cariocas financiam ida de porteiro ao show do Red Hot Chili Peppers

Três amigos, Pedro Botafogo, 17, Lucas Vasconcelos, 16, e Eric Fernandes, 18, organizaram uma vaquinha para arrecadar R$ 240 e levar o porteiro Russo ao show da banda Red Hot Chilli Peppers.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enivaldo Andrade, 38 anos, o Russo, é porteiro de um colégio de Botafogo, no Rio de Janeiro. Russo já perdeu pelo menos 10 apresentações dos americanos do Red Hot Chili Peppers no Brasil nos últimos 20 anos.

Mas este ano foi diferente. No sábado (9), a banda tocou no Rio de Janeiro, e Russo finalmente viu os músicos ao vivo pela primeira vez, cortesia de três alunos do colégio onde o carioca trabalha.

Sem que o porteiro soubesse, os garotos organizaram uma campanha entre todos os alunos do colégio para levantar fundos para comprar a entrada para o show. “Arrecadamos os R$ 240 do ingresso e chegamos a negar dinheiro oferecido pelos alunos por já ter a quantia necessária”, contou Pedro em uma entrevista ao iG. As doações geralmente ficavam entre R$ 10 e R$ 15. “A ideia inicial não tinha nenhum tipo de objetivo material”, garante.

Depois de já ter alcançado o objetivo, o trio foi entregar o ticket ao porteiro, e gravou tudo. “Decidimos dar o presente por saber que ele não teria condições de comprar o ingresso por conta própria, e como uma oportunidade de fazer o bem”, explica Pedro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pedro estava certo. O principal motivo pelo qual Enivaldo nunca viu seus ídolos ao vivo foi o dinheiro curto. “Nunca fui por motivo de grana. Sempre fui muito humilde e já passei, e passo às vezes, muita dificuldade”, lamenta o porteiro, que diz ser fã do RHCP desde 1985.

Para Russo, o gesto dos alunos foi um exemplo. “Foi uma prova de amor ao próximo. Eles deixam algo bem claro: se você não pode fazer tudo, faça tudo que puder”, acredita. Ele acha que a sua ótima relação com os alunos foi o que motivou os garotos a abraçar a campanha. “É uma relação muito agradável. Eles param para conversar comigo, perguntam como estou, e eu faço o mesmo. Também conversamos sobre várias bandas”, conta.

01 02 03 04 05 06

Via iG | Dica da Yully Henrique Fernandes e Caroline Vieira

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professora começa a usar lenço para incentivar aluna com um tipo de câncer de pele

O site Rede Sul de Notícias publicou recentemente uma história incrível, que resolvemos publicar na íntegra, vejam: Uma professora do Centro Municipal de Educação Infantil...

Máquinas trocam material reciclável por dinheiro em SP, RJ, MT e AM

Já pensou se a gente pudesse trocar material reciclável por dinheiro? Pois agora é possível! A iniciativa é da Triciclo em parceria com o...

“Ajudantes do Papai Noel” adotam cartinhas e realizam desejos de natal de crianças de comunidades do RJ

O projeto Ajudantes do Papai Noel reuniu neste ano as cartinhas com os desejos de natal de crianças da comunidade Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, no...

Jovem ex-detento leva refeições a familiares de presos mortos em massacre

Na semana passada, 55 presos foram mortos em um massacre após uma rebelião tomar conta de diversas penitenciárias do sistema carcerário de Manaus. Dias...

Com esta invenção é possível zerar sua conta de luz

Zerar conta de luz parece ser um sonho impossível, mas não é. Graças a um equipamento inovador. A Energisa ligou o padrão do primeiro consumidor de...

Instagram

Estudantes cariocas financiam ida de porteiro ao show do Red Hot Chili Peppers 4