Estudantes criam tijolo ecológico mais barato e que não polui

0
2132

A indústria de tijolos da Índia conta com mais de 100 mil fornos e produz até 2 milhões de tijolos por ano, e é também uma grande fonte de poluição.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os fornos liberam grandes quantidades de carvão e diesel, fora as más condições de trabalho e o monte de emissões que alteram o clima.

Pensando nisso, alunos do MIT criaram uma alternativa:  O tijolo Eco BLAC não requer nenhuma emissão, tudo nele é sustentável e ecológico.

3047345-inline-i-1-mit-students-create-a-brick-that-could-end-pollution-from-dirty-brick-kilns

“Tijolos de argila precisam de 1.000 graus Celsius,” diz Michael Laracy, um dos estudantes envolvidos no projeto. “Eles consomem uma quantidade enorme de energia a partir do carvão e há também a questão de que esses tijolos são feitos completamente do solo superficial, então eles estão esgotando a quantidade de terras cultiváveis.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O tijolo de Eco BLAC é de 70% de cinzas de caldeiras de fábricas de papel misturadas com hidróxido de sódio, cal e uma pequena quantidade de argila. Cura-se à temperatura ambiente, com base em “tecnologia alcalino-ativação” para dár-lhe resistência.

O tijolo está sendo testado atualmente em parceria com uma fábrica de papel em Muzaffarnagar, uma cidade ao nordeste de Nova Deli. O produto é mais barato do que um tijolo convencional, mas ainda precisa provar sua durabilidade a longo prazo. Se tudo correr bem, a equipe espera abrir uma fábrica de tijolos na fábrica de papel, de modo que os resíduos possam ser convertidos imediatamente.

Fonte: Fast Company

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.