Estudantes promovem leitura entre presos e ajudam na diminuição da pena

Clique e ouça:

A leitura é uma grande aliada para a diminuição de pena e ressocialização de pessoas que estão pagando sua dívida com a Justiça. É nisso que acredita um grupo de estudantes da Universidade Federal de Viçosa, no interior de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto LIBERTART surgiu durante um processo de trainee do Enactus UFV – Viçosa, time local da organização internacional sem fins lucrativos que promove o empreendedorismo social. Os participantes foram divididos em grupos, e cada grupo precisava realizar uma ação social.

Leia também: Ex-detento volta todos os dias à cadeia para dar aulas de programação para detentos

Os estudantes (Mayara Pereira, Júlia Sabino, Maria Luísa, Victor Farineli e Oriáton Antonucci) sabiam da existência de um projeto de redução de pena pela leitura dentro da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado da cidade de Viçosa. Porém, faltavam livros e os presos tinham dificuldades para escrever a resenha crítica que devem entregar ao juiz após a leitura de cada livro.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi então que o LIBERTART apareceu: organizou uma feira de arrecadação de livros na UFV e propôs oficinas de escrita e leitura para os detentos assistidos pela APAC Viçosa.

Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros. Eles fecharam parcerias com comerciantes da cidade para sortear brindes entre os doadores, como uma forma de recompensa. O LIBERTART entregou os livros e ministrou duas oficinas de escrita e leitura para os detentos.

“Acreditamos que todo ser humano merece ser tratado com dignidade e uma chance para recomeçar. Acreditamos que a reabilitação de pessoas condenadas por crime deve ser, sim, a solução mais humana e mais generosa que temos para transformar suas vidas”, contou Mayara Pereira, integrante do LIBERTART, ao Razões para Acreditar.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Mayara, de camiseta preta, e a equipe do LIBERTART

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

Leia também: Menino de 9 anos usa sua mesada para comprar livros para detentos

O LIBERTART deu tão certo, que vai virar um dos projetos permanentes da Enactus UFV. Claro que Mayara foi aprovada no processo seletivo e agora faz parte do time oficial! A tendência do projeto daqui pra frente é só de crescimento e acreditamos que vai servir de inspiração para estudantes de outras universidades que desejam transformar a vida de pessoas que cumprem pena, mas não sabem por onde começar.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas geraiscrédito das fotos: Mayara Pereira/Arquivo pessoal

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,074,367FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,447SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Instagram

Estudantes promovem leitura entre presos e ajudam na diminuição da pena 13