Estudantes promovem leitura entre presos e ajudam na diminuição da pena

A leitura é uma grande aliada para a diminuição de pena e ressocialização de pessoas que estão pagando sua dívida com a Justiça. É nisso que acredita um grupo de estudantes da Universidade Federal de Viçosa, no interior de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O projeto LIBERTART surgiu durante um processo de trainee do Enactus UFV – Viçosa, time local da organização internacional sem fins lucrativos que promove o empreendedorismo social. Os participantes foram divididos em grupos, e cada grupo precisava realizar uma ação social.

Leia também: Ex-detento volta todos os dias à cadeia para dar aulas de programação para detentos

Os estudantes (Mayara Pereira, Júlia Sabino, Maria Luísa, Victor Farineli e Oriáton Antonucci) sabiam da existência de um projeto de redução de pena pela leitura dentro da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado da cidade de Viçosa. Porém, faltavam livros e os presos tinham dificuldades para escrever a resenha crítica que devem entregar ao juiz após a leitura de cada livro.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi então que o LIBERTART apareceu: organizou uma feira de arrecadação de livros na UFV e propôs oficinas de escrita e leitura para os detentos assistidos pela APAC Viçosa.

Em apenas dois dias, o grupo arrecadou cerca de 340 livros. Eles fecharam parcerias com comerciantes da cidade para sortear brindes entre os doadores, como uma forma de recompensa. O LIBERTART entregou os livros e ministrou duas oficinas de escrita e leitura para os detentos.

“Acreditamos que todo ser humano merece ser tratado com dignidade e uma chance para recomeçar. Acreditamos que a reabilitação de pessoas condenadas por crime deve ser, sim, a solução mais humana e mais generosa que temos para transformar suas vidas”, contou Mayara Pereira, integrante do LIBERTART, ao Razões para Acreditar.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais
Mayara, de camiseta preta, e a equipe do LIBERTART

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

estudantes promovem leitura presos viçosa minas gerais

Leia também: Menino de 9 anos usa sua mesada para comprar livros para detentos

O LIBERTART deu tão certo, que vai virar um dos projetos permanentes da Enactus UFV. Claro que Mayara foi aprovada no processo seletivo e agora faz parte do time oficial! A tendência do projeto daqui pra frente é só de crescimento e acreditamos que vai servir de inspiração para estudantes de outras universidades que desejam transformar a vida de pessoas que cumprem pena, mas não sabem por onde começar.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

estudantes promovem leitura presos viçosa minas geraiscrédito das fotos: Mayara Pereira/Arquivo pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,564FãsCurtir
1,910,541SeguidoresSeguir
9,309SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram