Estudantes levam crianças de baixa renda para passeios culturais acessíveis

Ir a museus, teatros e galerias de arte é um problema para crianças de baixa renda. Os pais, muitas vezes, não têm tempo e nem dinheiro para esse tipo de atividade com os filhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi pensando nisso que estudantes do curso de turismo da Universidade São Paulo (USP) criaram o projeto social “Rosa dos Ventos”. O projeto existe há 16 anos e tem como objetivo organizar passeios acessíveis para crianças de baixa renda.

Conforme o projeto foi crescendo, estudantes de outros cursos foram convidados a participar. Por enquanto, os passeios acontecem apenas em São Paulo, mas, em um futuro próximo, a ideia é expandi-lo para outras cidades.

Caso você tenha interesse em colaborar, entre em contato com o projeto na sua página no Facebook.

unnamed-1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

unnamed-2

unnamed

unnamed

Fotos: Reprodução/Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ford transforma mais de 1 bilhão de garrafas/ano em carpete para carros

A cada minuto, 1 milhão de garrafas plásticas são compradas ao redor do mundo – o que dá 526 bilhões por ano – e...

42 momentos poderosos de compaixão humana em face da violência

Ao falarmos de guerra, o que mais escutamos são as contagens dos corpos das vítimas, porém apesar de difícil de lembrar, ainda existe uma imensa compaixão humana que prospera em...

Manicure trans faz unhas gratuitamente enquanto conscientiza clientes sobre a transfobia

A manicure e ativista trans Charlie Craggs, de 24 anos, do Reino Unido, teve uma ótima iniciativa para ajudar a combater a transfobia. Ouça a história da...

De doméstica a juíza: ela já morou na rua e estudava com livros recolhidos do lixo (MG)

A juíza Antônia Marina Aparecida de Paula Faleiros, de 60 anos, trabalha há 18 como juíza na Bahia, mas somente quem conhece sua história...

Felino se transforma em “gato-guia” para cão cego e quase surdo

Cães e gatos são sempre "rivais" e se estranham o tempo todo? Não necessariamente. Vejam a amizade e cooperação entre um cão idoso e...

Instagram