Estudantes propõe pessoas na rua a tentarem andar de cadeira de rodas

Um grande exercício diário que temos que procurar manter é o da empatia. Provavelmente essa forma de pensar (se colocando no lugar do outro) é a mais poderosa força de mudança e conscientização, e nada mais importante que começar ensinando esse valor aos jovens, que são nosso futuro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ação foi proposta pelos alunos do Colégio Farroupilha em Porto Alegre, que consistia em conscientizar a população sobre as dificuldades no dia a dia de um cadeirante, chamando a atenção para a falta de rampas de acessibilidade e também para os desníveis que não contribuem para a locomoção de quem necessita.

Veja como foi a experiência:

cadeirante cadeirante2 cadeirante3 cadeirante4cadeirante5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,434,652SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Entidade transforma leite excedente em queijo para pessoas com fome

Uma organização sem fins lucrativos transforma leite excedente de fazendas em queijo e doa para pessoas com fome.

Filho interrompe videoaula do pai professor para mostrar que perdeu dentinho

"Papai, papai, papai, papai! Quero te mostrar uma coisa legal". Foi assim que o pequeno Miguel chegou no meio da videoaula do pai e...

Mãe criativa registra o dia a dia da família em fotos divertidas e fofas

Uma das fotos mais divertidas é a do caçula da família fantasiado de lagosta, prontinho para ser "devorado" pelos pais.

Pianista cria dueto à distância com vizinho idoso e é surpreendido por história emocionante

A conexão entre Giorgio e seu vizinho, Emil, se tornou tão forte, que nem as paredes conseguiram atrapalhar! Isso porque, antes de começarem a...

Irmãos filipinos criam lâmpada que precisam apenas de água salgada para funcionar

Além do mais, como as Filipinas são cercadas por água salgada, há uma fonte quase ilimitada de energia para manter as lâmpadas iluminadas ao longo da sua vida útil, prevista em seis meses.

Instagram