Estudantes de São Paulo vivenciam a realidade de deficientes visuais

Até o final deste mês, estudantes da rede pública de ensino de São Paulo participarão de atividades que simulam a realidade vivida por deficientes visuais e pessoas com baixa visão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As atividades fazem parte do programa ‘Incluindo com o Centro de Memória’, que surge de uma parceria entre a Fundação Sorina Nowill para Cegos e o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD), do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Prefeitura de São Paulo.

Leia também: Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

A Fundação Sorina Nowill para Cegos realiza serviços gratuitos e especializados de orientação e mobilidade, clínica de visão subnormal e programas de inclusão educacional e profissional, conforme informações do site Observatório do Terceiro Setor.

Estudantes de diferentes faixas etárias, entre 7 e 17 anos, nos períodos da manhã e tarde, passarão pelas experiências de caminhar com olhos vendados, utilizando bengalas ou sendo guiados pelos colegas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Fonoaudióloga reproduz condição de crianças em bonecos

O programa sensibiliza os estudantes para interagir com os deficientes visuais ou para oferecer ajuda quando for necessário, principalmente em locais públicos, evitando acidentes graves.

As atividades também incluem o contato com o alfabeto e livros em braile, bolas com guizos e outras ações que aproximam os estudantes da realidade dos deficientes visuais e de pessoas com baixa visão.

Diretores, coordenadores ou professores das escolas que ainda não se inscreveram no projeto devem entrar em contato com a Fundação Sorina Nowill para Cegos através do e-mail [email protected].

crédito da foto: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com dificuldades, mecânico anuncia suas únicas ferramentas de trabalho e ganha vaquinha

O mecânico Warley Rodrigues não viu outra alternativa a não ser vender suas ferramentas de trabalho para colocar comida em casa. Seu filho de...

Geladeira Solidária alimenta pessoas em situação de rua em Porto Velho (RO)

O projeto Geladeira Solidária oferta comida de graça para moradores de rua de Porto Velho, em Rondônia. Nas prateleiras são oferecidas frutas, iogurtes, queijos...

Jovem com Síndrome de Down realiza sonho de apresentar a previsão do tempo na França

“Sou diferente, mas gostaria de mostrar a todo mundo que posso fazer várias coisas”, disse Mélanie Ségard.

Internautas fazem vaquinha para morador de rua que prestou Enem e quer cursar direito

Com muito orgulho, o Seu Arno exibe seus diplomas de ensino fundamental e médio conquistados em 2018. O morador de rua é conhecido também por carregar com ele uma pilha de livros.

Bon Jovi cria restaurante comunitário sem preço que ajuda pessoas em necessidade

Quando uma comunidade se une, a esperança invade o lugar. Há 30 anos, Jon Bon Jovi é vocalista de uma das maiores bandas de...

Instagram

Estudantes de São Paulo vivenciam a realidade de deficientes visuais 3