Estudantes de São Paulo vivenciam a realidade de deficientes visuais

Até o final deste mês, estudantes da rede pública de ensino de São Paulo participarão de atividades que simulam a realidade vivida por deficientes visuais e pessoas com baixa visão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As atividades fazem parte do programa ‘Incluindo com o Centro de Memória’, que surge de uma parceria entre a Fundação Sorina Nowill para Cegos e o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD), do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e da Prefeitura de São Paulo.

Leia também: Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

A Fundação Sorina Nowill para Cegos realiza serviços gratuitos e especializados de orientação e mobilidade, clínica de visão subnormal e programas de inclusão educacional e profissional, conforme informações do site Observatório do Terceiro Setor.

Estudantes de diferentes faixas etárias, entre 7 e 17 anos, nos períodos da manhã e tarde, passarão pelas experiências de caminhar com olhos vendados, utilizando bengalas ou sendo guiados pelos colegas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Fonoaudióloga reproduz condição de crianças em bonecos

O programa sensibiliza os estudantes para interagir com os deficientes visuais ou para oferecer ajuda quando for necessário, principalmente em locais públicos, evitando acidentes graves.

As atividades também incluem o contato com o alfabeto e livros em braile, bolas com guizos e outras ações que aproximam os estudantes da realidade dos deficientes visuais e de pessoas com baixa visão.

Diretores, coordenadores ou professores das escolas que ainda não se inscreveram no projeto devem entrar em contato com a Fundação Sorina Nowill para Cegos através do e-mail [email protected].

crédito da foto: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Restaurante emprega só pessoas com demência e Alzheimer por uma causa nobre

O "Restaurante dos Pedidos Perdidos" fica em Tóquio, e a ideia é chamar atenção para a demência e o Mal de Alzheimer.

UberMeninas quer que filhas de motoristas parceiros façam carreira em tecnologia

Faz só três anos que a Uber chegou ao país, e milhões de brasileiros já fazem uso frequente da plataforma para ganhar dinheiro e...

Um tatuador está ajudando a melhorar autoestima de mulheres que tiveram câncer de mama

Para a Psicologia, a autoestima (agora sem hífen, segundo as novas normas ortográficas) é o qualitativo de valor que o ser humano dá a si....

Menino de 7 anos que teve perna amputada adota cachorra que nasceu sem uma patinha

O pequeno Paxton Williams, de 7 anos, teve sua perna amputada há pouco mais de 3 anos devido à uma grave infecção na perna....

Campanha ajuda a melhorar condições de saneamento básico de crianças do semiárido brasileiro

Em Outubro de 2014, a campanha VIM para UNICEF fez seu primeiro aniversário. E viemos lembrar vocês de que nunca é tarde para ajudar essas...

Instagram