Estudantes criam software que auxilia na prevenção e no combate à violência

A tecnologia tem sido uma aliada estratégica na prevenção e no combate à violência. Atentos à essa realidade, estudantes da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) de Mogi Mirim (SP) usaram seus conhecimentos para oferecer benefícios para a comunidade e desenvolveram um software que faz o gerenciamento do banco de dados da Guarda Civil Municipal (GCM).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A ferramenta, produzida por alunos do curso superior de tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS), foi resultado da parceria da Fatec com a empresa de tecnologia Compasso UOL. O projeto foi idealizado e executado em 2020 por estudantes contratados como estagiários pela companhia e que, posteriormente, foram efetivados.

O software tem aplicação para web e mobile e foi adotado em janeiro deste ano para agilizar o registro de ocorrências que ainda era feito de forma analógica. Com a novidade, o tempo dos agentes da GCM foi otimizado e os dados digitalizados passaram a ser mensurados e analisados por meio de relatórios estatísticos e indicadores que podem auxiliar a Guarda na prevenção aos crimes e no planejamento da segurança pública em Mogi Mirim.

estudantes desenvolvedores software guarda municipal mogi mirim
Vinicius, Átila e Otávio integram o grupo de alunos que criou a plataforma digital. Foto: divulgação

Para os estudantes, a oportunidade de contribuir com a segurança pública da cidade trouxe muitos aprendizados. “A chance de colocar em prática o que aprendemos nas aulas é uma experiência surreal e saber que essa tecnologia já está ajudando os agentes de segurança nos enche de satisfação”, afirma Átila Izac, um dos alunos responsáveis pelo projeto. A equipe desenvolvedora contou, ainda, com as participações de Amanda D’Elboux, Gabriel Bauer, Milleide Peixoto, Moisés de Oliveira, Otávio Zirpoli e Vinicius Ribeiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mapa digital da segurança

Entre as funcionalidades da tecnologia estão a filtragem e sistematização dos dados para mapear, por exemplo, os bairros com maior número de registros e identificar as ocorrências mais comuns. A proposta da Fatec de contribuir com a comunidade local continua neste ano e os alunos já estão trabalhando no segundo projeto, que será uma plataforma para ajudar a prefeitura no combate à dengue.

“É gratificante ver a dedicação e o compromisso desses jovens que, muitas vezes, trabalham fora do horário do estágio e das aulas para contribuir com a solução de problemas do município”, afirma o diretor da unidade André Giraldi.

A parceria com a Compasso UOL gerou oportunidades para 40 alunos estagiarem e, segundo o educador, 80% deles foram efetivados. “Apesar da pandemia, os setores de tecnologia e logística se mantiveram aquecidos e com um potencial de empregos atraente”, conta.

Foto destacada: Pixabay


Único passageiro sobrevivente de acidente aéreo com avião da Varig recebe ligação surpresa 47 anos depois. Confira esta história no Cafezoom!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Estudantes criam software que auxilia na prevenção e no combate à violência 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,078,673SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bebê apaixonado por livros chora toda vez que uma história termina

Em época de tablets altamente atrativos para bebês e crianças, muita gente acha que os livros estão obsoletos e que não despertam interesse nos...

Hortas comunitárias em Maringá transformam a vida dos moradores da cidade

Já faz algum tempo que nós, seres humanos, estamos estabelecendo novos significados para nossa relação com os alimentos, das comidas que compramos e com...

Mulher paga táxi para atleta olímpico que se perdeu em Tóquio e o ajuda a faturar medalha de ouro

Os Jogos Olímpicos de Tóquio podem ter acabado, mas continuam trazendo lições de vida, especialmente de empatia e gratidão. Na última semana de competição, o...

Coletivo utiliza impressão 3D para produzir 3 mil protetores faciais para hospitais

Surgiu em grupo de WhatsApp de alunos, ex-alunos e professores da UFRJ a ideia de produzir protetores faciais, os chamados face shields, para atender...

Após receber ajuda, vendedor de salgados cria ‘Lanche Solidário’ para moradores de rua

Depois de receber ajuda de centenas de pessoas, o vendedor de salgados Agrinaldo dos Santos, 51 anos, e a filha, Natália Cristina dos Santos,...

Instagram

Estudantes criam software que auxilia na prevenção e no combate à violência 3