Estudo revolucionário neutraliza gene do Alzheimer em células cerebrais humanas

Cientistas norte-americanos acabam de fazer um enorme avanço na batalha contra o Alzheimer. Em estudo revolucionário, pesquisadores utilizaram as próprias células cerebrais humanas e, não, ratos. Nesta pesquisa, os cientistas do Instituto Gladstones, na Califórnia, conseguiram identificar o gene responsável pela doença, o neutralizando, para que a doença não se desenvolvesse. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A célula em questão está ligada ao gene apoE4 e, eles concluíram que, uma pessoa que tem uma cópia deste gene tem até 2 vezes mais chance desenvolver a doença, duas cópias pode significar que a pessoa tem 12 vezes mais chance e, assim, sucessivamente.

Relacionado: Universidade no Japão desenvolve coquetel que reduz o Alzheimer em 30%

A doença acontece porque este gene produz um tipo de proteína que, quando sofre mutação, danifica as células do cérebro humano. No estudo, os cientistas conseguiram utilizar células-tronco para corrigir o gene, o que acaba por deter a produção desta proteína letal, eliminando todos os sinais da doença.

Conseguir fazer esta pesquisa em células humanas já é um enorme avanço para o tratamento desta doença, que acomete mais de 35 milhões de pessoas no mundo. Agora, o próximo passo, é conseguir aplicar o tratamento em pacientes humanos, em breve. Nós estamos torcendo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Good News Network

Foto: Unsplash / Drew Hays

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,855FãsCurtir
1,929,288SeguidoresSeguir
9,418SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Saiba como preparar solução diluída de água sanitária que mata o coronavírus

A diluição de uma pequena quantidade de água sanitária em água potável elimina o novo coronavírus (Covid-19) de qualquer superfície contaminada. Quem explica é Jorge...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Instagram