Estudo revolucionário neutraliza gene do Alzheimer em células cerebrais humanas

Cientistas norte-americanos acabam de fazer um enorme avanço na batalha contra o Alzheimer. Em estudo revolucionário, pesquisadores utilizaram as próprias células cerebrais humanas e, não, ratos. Nesta pesquisa, os cientistas do Instituto Gladstones, na Califórnia, conseguiram identificar o gene responsável pela doença, o neutralizando, para que a doença não se desenvolvesse. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A célula em questão está ligada ao gene apoE4 e, eles concluíram que, uma pessoa que tem uma cópia deste gene tem até 2 vezes mais chance desenvolver a doença, duas cópias pode significar que a pessoa tem 12 vezes mais chance e, assim, sucessivamente.

Relacionado: Universidade no Japão desenvolve coquetel que reduz o Alzheimer em 30%

A doença acontece porque este gene produz um tipo de proteína que, quando sofre mutação, danifica as células do cérebro humano. No estudo, os cientistas conseguiram utilizar células-tronco para corrigir o gene, o que acaba por deter a produção desta proteína letal, eliminando todos os sinais da doença.

Conseguir fazer esta pesquisa em células humanas já é um enorme avanço para o tratamento desta doença, que acomete mais de 35 milhões de pessoas no mundo. Agora, o próximo passo, é conseguir aplicar o tratamento em pacientes humanos, em breve. Nós estamos torcendo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Good News Network

Foto: Unsplash / Drew Hays

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,123SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Amor não tem cor, sexo ou raça”: Fernanda Gentil confirma namoro com jornalista mineira

Sempre que vi a jornalista Fernanda Gentil senti uma coisa boa, por perceber sua autenticidade e por tratar as pessoas de forma gentil e...

Mesmo enfrentando doença rara de “ossos de vidro”, criança não perde a alegria de viver e recebe apoio para tratamento

O pequeno Joedson, 5, nasceu com uma doença rara chamada osteogênese imperfeita, mais conhecida como 'ossos de vidro'. Até hoje ele já teve 26...

Pesquisa mostra que 43 milhões de britânicos praticaram atos de bondade durante pandemia

Sabe aquela frase "Ninguém solta a mão de ninguém"? Então, uma pesquisa feita pela Cruz Vermelha mostrou que 7 em cada 10 pessoas que...

Fotografia de nadador paralímpico volta a viralizar: ‘O poder da água’

Uma poderosa fotografia que mostra um homem flutuando de pé na água ao lado de uma cadeira de rodas voltou a viralizar nas redes...

Professor dá aula com bebê no colo para aluna não abandonar a sala

Um professor universitário transformou uma formal e centrada aula de direito constitucional em um momento fofo, repleto de carinho. Em um vídeo compartilhado nas redes...

Instagram