No DF, ex-catadora abre creche (grátis) para que outras catadoras deixem seus filhos

Sabe quando um problema acaba virando uma solução? Pois é exatamente o que aconteceu com a ex-catadora de materiais recicláveis, Márcia Pinheiro. Ela, que mora em uma área invadida próxima a um dos maiores lixões da América Latina, no Distrito Federal, usou sua própria experiência para ajudar a resolver um dos maiores problemas sociais daquela região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A dificuldade de encontrar vagas nas creches públicas daquela região é enorme e quando ela se viu com 4 crianças pequenas em casa, sem ter com quem deixá-los, acabou fazendo de sua casa um lugar de apoio para acolher, de graça, os filhos de outras catadoras de lixo daquela região.

O Projeto começou no ano passado e foi pensado em acolher 30 crianças, de segunda à sexta. Chamado de Artes e Sonhos, ela não se contentou apenas em cuidar das crianças, mas também possui um papel fundamental na educação dos pequenos. Ela acredita no poder transformador da educação e por isso, com a ajuda de voluntários, ela oferece aulas de inglês, pintura e matemática para jovens da comunidade inteira, durante os finais de semana.

Fora as 30 crianças que ela costuma receber todos os dias durante a semana, nos finais de semana uma média de 120 jovens vão até sua casa para aprender uma coisa nova. As mães da região não sabem como agradecer à Márcia, que está promovendo uma verdadeira transformação para aquela comunidade!

No DF, ex-catadora abre creche (grátis) para que outras catadoras deixem seus filhos 1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No DF, ex-catadora abre creche (grátis) para que outras catadoras deixem seus filhos 2

Fotos: Marília Marques – via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,289,873SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professora que teve moto furtada ganha uma nova com vaquinha de alunos

Muito chateada com o roubo, 'tia' Flávia não esperava que uma corrente do bem, formada por amigos, alunos, ex-alunos, pais e colegas de profissão se unisse para comprar uma moto novinha para ela.

Vendedor de salgados humilhado investe no negócio, compra carro e casa com apoio de vaquinha

Genteeee, novidades na história do Rafael, vendedor de salgados humilhado por cliente que foi super grosseiro depois que ele atrasou uma encomenda. Com a primeira...

Morador de rua ganha novo visual e oportunidade de trabalho em SP

Natalino, de 45 anos, mora nas ruas de São Paulo há alguns anos. Ao lado de seu fiel escudeiro, Faísca, um cãozinho vira-lata com...

Jornalista do JN faz sinal de coraçãozinho após vencer coronavírus ao lado de enfermeiras

Na quarta-feira passada (18), o jornalista Marcelo Magno, 37 anos, que participa do revezamento da bancada de apresentadores do Jornal Nacional, foi diagnosticado com...

Como a fé da minha mãe ajudou a me livrar de um tumor no cérebro

O relato que recebemos da Patrícia Tamanaka mostra o poder da fé de uma mãe na recuperação de uma filha que foi diagnosticada com...

Instagram

No DF, ex-catadora abre creche (grátis) para que outras catadoras deixem seus filhos 4