Ex-lutador de MMA quebra tabu e compartilha vídeo de seu casamento

O ex-lutador de MMA Jefferson “Tanque” Silva, acumula grandes vitórias em sua carreira, como ter sido o campeão do K-1 GP Brazil e ter lutado com Ernesto Hoost, um kickboxer holandês, quatro vezes campeão do K-1 World GP.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Recentemente, o brasileiro se assumiu homossexual e falou sobre o casamento com o americano Rob Sullivan. Eles se conheceram em 2013, no Rio, e Rob também treina Muay Thai.

Atualmente os dois moram em Nova York, onde Jefferson ministra aulas.

“Qual é o problema com o cara ser gay? O que vai mudar na sua vida se alguém que você conhece é gay? Nada. Como uma menina treina com um homem? Vejo várias garotas treinando e elas são duras, querem que peguem pesado, pois não tem diferença dentro do tatame. Nunca ouvi nenhum comentário de alguém tentar pegar nos peitos ou tocar alguma garota diferente. Vai dizer que o cara não tem libido também? Ele tem, mas ele respeita e assim é o cara que é gay e treina arte marcial. Ele te respeita também, até porque você pode estar rolando por anos com alguém que é gay e ele nunca se aproveitou de você”, disse o professor para o site NetFighter.

Antes de assumir sua sexualidade, apenas alguns amigos do lutador e sua irmã sabiam sobre isso. Ele se preparou para receber reações ruins, mas conta que se surpreendeu, pois obteve apenas mensagens de apoio e de carinho, inclusive de seus mestres, dizendo que a sua sexualidade não fazia diferença. Inclusive, alguns colegas mandaram mensagens dizendo que ele era muito mais macho que muitos lutadores por aí, por ter coragem de se assumir nesse mundo muito machista e algumas vezes, homofóbico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas o processo para o autoconhecimento não foi tão simples. Tanque foi casado por 8 anos com sua antiga esposa, até os 28 anos. Quando se separou, ficou perdido. Nunca teve nenhum pensamento homossexual antes, pois era muito focado nas lutas e vivia para isso, esquecendo do mundo ao redor. Mas depois que se separou, Tanque passou a se interessar mais pelo mundo lá fora, saindo da sua bolha de vida de lutador. Mesmo sem nunca ter assumido publicamente sua homossexualidade, ele não se importava se alguém descobrisse ou perguntasse pra ele.

Ao compartilhar o vídeo, o intuito era apenas mostrar sua felicidade. O lutador não estava preocupado com as críticas, pois tudo que ele está vivendo é muito maior que tudo isso.

https://www.instagram.com/p/BJwCWoggBEo/?taken-by=jeffludwig

Leia também:

Jovem que faz crochê dá linda resposta aos que dizem que ele não pode fazer por ser homem

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Igreja Católica de Curitiba batiza os três filhos de casal gay

Pastora muda forma de pensar e luta por direitos iguais para sua filha trans

Em seu Instagram, ele já havia publicado mais fotos de seu relacionamento, vejam:

@robmsully #photooftheday #sexyboy #sexymen #inkedguys #tattooed #gay #gaymuscle #gayman #muscles #tattoos #brazilian #hotgay #hotboy #hot #dude #love #gaylove #gaypride #malemodel #scruff #bearded #shredded #hoscos #beardedmen #instaboy #bestoftheday #tagsforlife #lovers

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Jeff “The Tank” Ludwig (@jeffludwig) on

Spa Day – Dead Sea Mud Mask ?????

A post shared by Jeff “The Tank” Ludwig (@jeffludwig) on

Direto da redação do Razões:

Você acha que tricô é coisa apenas de vovó?
Assista esse emocionante video em homenagem às mães e, quem sabe, você muda de opinião:

Fotos e vídeo: Reprodução Instagram

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,786SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garotas indianas desafiam estereótipos de gênero e abrem barbearia na Índia

Duas garotas indianas desafiam os esteriótipos de gênero da aldeia onde vivem há anos - e agora estão sendo recompensadas por seus esforços pela...

“Garoto borboleta” morre aos 17 anos nos dando várias lições sobre a vida

"Eu só tenho uma expectativa de vida de 25 anos e já cheguei na metade da minha vida"

Tapeceiros fazem sofás ecológicos com material tirado do lixo

"Onde as pessoas veem um monte de lixo, eu vejo uma montanha de dinheiro", diz o piauiense Diolindo Souza, 43 anos e há 15 tapeceiro.

Sem os braços, arqueiro Matt Stutzman quer incentivar pessoas a serem melhores

Imagine-se na seguinte situação: você não tem os dois braços e te convidam para treinar tiro com arco. Parece impossível, não? O arqueiro e...

Canoa movida a energia solar está sendo usada como meio de transporte de comunidades da Amazônia

Já não é de hoje que estamos desenvolvendo maneiras mais sustentáveis de viver. O meio ambiente e o mundo animal precisam de soluções, para...

Instagram

Ex-lutador de MMA quebra tabu e compartilha vídeo de seu casamento 2