Ex-morador de rua faz vaquinha online para realizar sonho de estudar medicina no Canadá

Denis José da Silva é um ex-morador de rua de 17 anos de Ribeirão, na Zona da Mata Sul, em Pernambuco, que foi selecionado para estudar medicina no Canadá.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aos seis anos, o jovem chegou a morar embaixo da ponte em Ipojuca, na Grande Recife, com seus pais e irmãos. “Debaixo dessa ponte, nossa casa era lona, lembro que, as vezes tinha lagartas que queimam na nossa cama”, conta.

Em 2005, a família mudou-se para Ribeirão, onde passaram a morar em uma quadra abandonada e depois Denis chegou a morar quatro anos na casa de uma mulher que se comoveu com a história deles.

Para realizar este sonho, porém, ele precisa de dinheiro. “Não tenho o dinheiro para as passagens, compra de agasalhos, pois chegarei lá no inverno, e alimentação. Tenho apenas até setembro para conseguir o dinheiro ou perderei a vaga”, explica no site Vakinha.

A meta da campanha era arrecadar R$8 mil até o primeiro dia de setembro. Até o momento, a ajuda já passa de R$ 17 mil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele conseguiu a oportunidade após participar do intercâmbio “Ganhe o Mundo”, onde ficou na Universidade de Manitoba, no Canadá.

“Em uma [época, várias universidades fizeram uma feira na escola, cada estudante poderia se inscrever em até duas. Me inscrevi para a Brandon University e Manitoba University, logo depois da escola, entrei no site das mesmas e também fiz o application online”, relembra.

Foram cinco meses cursando o ensino médio ne cidade de Killarney, descritos como “lindos e inesquecíveis”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Moradores de rua reformam asilo e levam amor a idosos

Moradores em situação de rua, do projeto DOA AMOR, reformaram o Casa de Repouso Bom Pastor, em Belo Horizonte.

Como uma mãe melhorou a vida do seu filho autista pela alimentação

Claudia Marcelino foi doceira por 16 anos, até que descobriu na dieta sem glúten, sem lactose e sem aditivos químicos, uma aliada no tratamento...

Você já ouviu falar em educação humanitária?

A Educação Humanitária complementa a educação formal oferecida pelas escolas. É uma metodologia que ensina crianças e jovens a serem pensadores críticos e criativos, inspirando...

Bike Sem Barreiras oferece passeios com bicicletas adaptadas no RJ

Projeto permite que pessoas com baixa ou nenhuma mobilidade possam curtir, gratuitamente, uma volta de bicicleta em modelos adaptados. Rola todo domingo, das 9h às 12h.

70 anos depois da morte do amado na Segunda Guerra Mundial, idosa encontra seu diário em um museu

Há certos fatos que superam qualquer ideia de romantismo que possa aparecer na ficção. A história de Laura Mae David Burlingame, de 90 anos,...

Instagram