Cientistas desenvolveram exame que detecta Alzheimer 10 anos dos sintomas

Não temos vacinas ou medidas preventivas, então você pode ter Alzheimer ou não. E nenhum exame que detecta Alzheimer havia sido desenvolvido antes.

Mas e se pudéssemos ter um exame que detecta Alzheimer antes de seus sintomas começarem a aparecer, não só dar aos pacientes a chance de retardar a progressão, mas também dar aos pesquisadores melhor visão sobre como ela se desenvolve?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As chances de cura de uma doença aumentam quando ela é diagnosticada no seu estágio inicial. Mas, os cientistas avançaram tanto nas suas pesquisas que hoje é possível diagnosticar algumas doenças antes mesmo delas se manifestarem.

Com o nome de “Leve Comprometimento Cognitivo de Alzheimer” (MCI, na sigla em inglês), o novo teste foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Rowan, nos Estados Unidos. Ele é realizado com um simples exame de sangue.

Os investigadores identificaram os 50 melhores biomarcadores de auto-anticorpos para MCI e outras doenças diagnosticadas em seus participantes, e quando os usaram para analisar as amostras de sangue, descobriram que eram 100% precisos na taxa global de precisão, sensibilidade e especificidade na detecção de amostras de sangue com MCI.

Usando este método, o teste também foi bem sucedido na detecção de Alzheimer precoce e moderado (98,7%), da fase inicial do Parkinson (98%), esclerose múltipla (100%) e câncer da mama (100%).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Pelo nosso conhecimento, esta é a primeira análise de sangue utilizando biomarcadores de auto-anticorpos que podem detectar com precisão a doença de Alzheimer em um ponto mais cedo no decurso da doença, quando os tratamentos são mais suscetíveis a serem benéficos – isto é, antes que uma devastação muito grande do cérebro ocorra”, diz Robert Nagele, membro da equipe que concebeu o teste.

O teste distingue o Alzheimer de outros casos similares de declínio mental causados, por exemplo, por problemas vasculares, depressão crônica, abuso de álcool e efeitos colaterais de certas drogas. Ele utiliza uma série de microarranjos de proteínas humanas para atrair auto-anticorpos no sangue que podem estar ligados à doença.

Leia também:

Empresa recria portas de idosos internados com demência para que possam se sentir em casa

Projeto restaura brinquedos para incentivar a doação de órgãos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jogo de palavras-cruzadas te coloca lugar de pessoas com Alzheimer

Com a doença afetando aproximadamente 5,3 milhões de pessoas nos Estados Unidos, incluindo quase metade da população com 85 anos ou mais, precisamos de testes como este. E quem sabe? Talvez se nós começarmos a conhecer melhor a doença de Alzheimer nos seus estágios iniciais, poderemos simplesmente ser capazes de descobrir como ela começa e como preveni-la.

Com informações do SóNotíciaBoa e Science Alert.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,353FãsCurtir
1,906,481SeguidoresSeguir
9,293SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

ONG cria pias portáteis para moradores de rua lavarem as mãos

Um dos grupos mais afetados pela pandemia de coronavírus é o dos sem-teto. E não é para menos! Sem acesso a medidas básicas de saúde,...

Instagram