Experimento faz pessoas viverem na pele preconceito que elas tinham com outros

A professora Jane Elliott descobriu uma maneira muito interessante de denunciar a descriminação racial nos EUA.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em um experimento filmado, ela cria uma situação na qual normalmente as pessoas que praticam sem perceber alguma forma de discriminação, são colocadas na situação de quem as sofre normalmente e, no momento em que se inverte a posição, a pessoa sente na própria pele e assim passa a se dar conta de como é opressora essa realidade, de como as coisas se tornam difíceis quando se tem o mundo de má vontade contra si.

Leia também: Professora faz experimento para mostrar a discriminação em escola no Canadá

Foi uma maneira muito engenhosa de trabalhar essa capacidade humana de se colocar na posição do outro, é um exercício que reproduz a realidade da opressão que se aplica não só na questão racial nos EUA mas a outros tipos de descriminação que podem ser melhor interpretados e percebidos através deste exercício.

Assista ao vídeo e reflita também:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,642,968SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto questiona machismo, homofobia e sexismo com lambes coloridos

Com lambes coloridos, duas jovens do Sergipe conscientizam as pessoas sobre atitudes machistas, sexistas e homofóbicas que precisam acabar.

Estudante doa primeiro salário para a escola onde estudou em Caxias do Sul (RS)

Milena Martini, 18 anos, doou seu primeiro salário no novo emprego para a escola onde estudou do 6º ao 9º do Ensino Fundamental, em Caxias do Sul (RS).

Mulher consegue pagar tratamento para marido que ficou acamado após acidente com ajuda da vaquinha do Razões

A história da Analice e do Júnior só mostra como o amor é capaz de superar muitos obstáculos e dificuldades. Há dois anos, o Júnior...

Ambulância para resgatar cães e gatos em risco nas ruas começa a operar em Curitiba

De acordo com a administração municipal, todos os animais atendidos vão ser identificados e castrados.

Mulher adota cachorrinha resgatada que era vítima de maus-tratos: ‘Merece ser amada’

Uma cachorrinha resgatada de uma casa onde era vítima de maus-tratos está descobrindo, pela primeira vez, como é ser amada e bem cuidada por...

Instagram