Nova campanha da Faber-Castell explora diversidade de tons de pele para promover representatividade racial

0
93
duas crianças negras e uma criança albina em peça de campanha da faber-castell

No mundo das crianças, todo mundo é igual mesmo tendo diferentes caras e cores – é esse olhar puro e verdadeiro que a Faber-Castell traz para sua nova campanha “Cor de Quem?”. A ação promove a linha Caras & Cores, reconhecida por trazer o tema da autoexpressão e reconhecer a individualidade de cada um, por meio dos lápis “tons de pele”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criada pela agência David, a campanha traz um casting de seis crianças de diferentes raças, cores e idades para perguntar sobre as cores dos lápis que mais as representam. Com o mote “Sua cor como você quiser”, a ação terá divulgação multiplataforma com foco maior no digital, com um vídeo como peça central (veja abaixo).

Em 2018, a Faber-Castell lançou a linha Caras & Cores, trazendo produtos com variedade de tons para além dos lápis “cor de pele”, como até então eram popularmente chamados os lápis bege ou rosa claro. De lá para cá, a linha vem sendo ampliada e, em 2022, a marca lançou itens para crianças a partir de 3 anos como os lápis jumbo, ideais para mãos pequenas, por seu formato triangular ergonômico, facilitando e garantindo conforto na pega, já para as crianças mais velhas, de 6 a 12 anos, a novidade é o estojo Caras & Cores Bicolor com 6 lápis com ponta dupla, totalizando 12 cores.

“Na Faber-Castell, temos o compromisso de contribuir de forma positiva com a evolução da sociedade. Sabemos da importância de promover a inclusão e a diversidade para pessoas de todas as idades, incluindo crianças na primeira infância”, comenta Flávia Giordano, diretora de marketing da Faber-Castell. “A partir da linha Caras & Cores, e seus tons de peles misturáveis, nossos consumidores têm a oportunidade de estimular a criatividade e a autoexpressão por meio de novas combinações, celebrando a diversidade de raças, origens, a miscigenação, o colorismo e multiplicidade de tons de pele. Agora a “cor de pele” é a cor de todos nós”, complementa.

*Com informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.