Família de Vitinho é encontrada após ele fazer vigília em Brumadinho

Coberto de lama, o cachorro Vitinho emocionou a internet depois que foi fotografado fazendo vigília na casa dos seus tutores, em Brumadinho. Parecia sentir que sua família tinha sobrevivido à tragédia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os familiares disseram ao Estado de Minas que não encontraram Vitinho antes de deixar o local. Aliás, criamos uma lista reunindo formas de ajudar Brumadinho, clique aqui.

Leia também: Cachorros “apreensivos” esperam morador de rua ser atendido na porta do hospital

Depois de mais um passeio habitual, Vitinho permaneceu nas proximidades da casa, localizada a cerca de 500 metros da pousada Nova Estância, completamente destruída pela lama da barragem do Feijão, apesar de ter sido retirado da área diversas vezes para sua segurança.

A casa da família de Vitinho fica na rua Alberto Flores. Havia 12,7 milhões de metros cúbicos de lama no caminho. O rejeito de minério por pouco não soterrou Vitinho. Salvo pelos bombeiros, o animal viveu a agonia de se separar dos seus donos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Publicada no sábado no Twitter e Instagram do Estado de Minas, a foto de Vitinho recebeu mais de 7 mil curtidas e centenas de comentários de pessoas comovidas com o amor e fidelidade à sua família.

O jornal localizou o dono do cão, o auxiliar administrativo Lucas Assis, 32 anos. “Antes de sairmos, minha mãe o chamou várias vezes, mas ele não atendeu. Ele conhece bem a região, sabe o caminho de casa, mas achamos que ele não retornou porque está confuso por causa do barulho das aeronaves e a perturbação toda. De todo modo, deixamos comida e água pra ele.”

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

FIDELIDADE Cão resgatado da lama da #TragediaDeBrumadinho, nas proximidades da pousada Nova Estância, varrida pela catástrofe. Animal insiste em permanecer no local do resgate, embora bombeiros e voluntários já o tenham levado várias vezes para um abrigo mais seguro. Comportamento sugere que ele vivia na pousada destruída e ainda espera pelos donos. 📸Alexandre Guzanshe/EM

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Estado de Minas (@emimagem) em

Leia também: Cachorros dormem fora de hospital por semanas para visitar paciente

Lucas e o restante da família ficaram hospedados em uma pousada durante quase todo o fim de semana. O sítio em que ele vive com os pais e a namorada é uma das propriedades interditadas pela Defesa Civil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só na noite de domingo a residência foi liberada, mas o reencontro com Vitinho ainda não tinha acontecido. “Nós encontramos nossa gata e um outro cachorro, mas o Vitinho até agora, nada. Estamos aflitos”, diz Vanessa Tavares, a namorada de Lucas.

“Chegamos a sair para procurá-lo, sem sucesso. Infelizmente, o acesso a área em que ele foi fotografado é restrito, então não podemos ver se ele ainda está lá. Agradecemos quem puder nos dar informações sobre ele e acolhê-lo”, afirma Lucas.

Update!

Vitinho e outro cachorro que se parece muito com ele, Zeus, foram encontrados! Recebemos a notícia do Lucas e da Vanessa, entrevistados pelo Estado de Minas:

família cachorro vigília brumadinho família cachorro vigília brumadinho

 

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto: Alexandre Guzanshe/EM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,268,037SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mecânico cria ‘estúdio’ improvisado dentro do guarda-roupa para fazer ensaios de plantas caseiras

A pandemia de Covid-19 e as medidas de isolamento social geraram novas práticas e boas ideias na rotina de muita gente atenta aos movimentos da...

Italiano perde parte dos braços e pernas, se recupera em menos de 2 anos e se torna corredor

Em menos de uma semana, Davide Morana, que na época tinha 24 anos, passou de um jovem com uma 'simples febre' a um rapaz...

#SomosLivres: nova campanha nacional quer acabar com a escravidão contemporânea

Nova campanha nacional, #SomosLivres, lançada pela Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo e o Ministério Público do Trabalho, quer prevenir e informar sobre a...

Sem ter como voltar para o Acre, Palmeiras banca passagens de rival

Neste mês de janeiro, ocorre a Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time do Galvez, do Acre, foi eliminado pelo Palmeiras durante a...

Instagram