Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos

Se é difícil definir a felicidade aos 20, aos 30 e aos 40, imaginem aos 60 ou aos 70. Foi por isso que nasceu o Felicidário. O Felicidário é um calendário e também é uma espécie de dicionário com 365 definições práticas de felicidade. Aos 65, a felicidade é arrumar as botas e fazer crochet, é gozar o dolce fare niente ou fazer aquilo que nunca se fez? Todos os dias,durante um ano, o Felicidário sugere uma nova ideia de felicidade para maiores de 65 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 3

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 4

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 5

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 7

No Felicidário, a felicidade não tem idade e é ilustrada por Afonso Cruz, André Letria e Ricardo Henriques, André da Loba, Aka Corleone, Bernardo Carvalho, Carolina Celas, Irmão Lucia, Julio Dolbeth, Madalena Matoso, Maria Imaginário, Tiago Albuquerque e Yara Kono.

Uma ótima inspiração para a melhor idade, não acham? 😉

O Felicidário é um projeto da Associação Encontrar+se em parceria com aLintas.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,799SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe de advogado assassinado começa curso de direito aos 60 anos

Luzia seguirá os passos do filho, que aprendeu valores como honestidade e integridade com a mãe.

Internautas fazem vaquinha para morador de rua que prestou Enem e quer cursar direito

Com muito orgulho, o Seu Arno exibe seus diplomas de ensino fundamental e médio conquistados em 2018. O morador de rua é conhecido também por carregar com ele uma pilha de livros.

Crianças não alfabetizadas de escola em Porto Alegre criam suas próprias histórias

Na Escola de Educação Infantil Aprendendo a Crescer, em Porto Alegre, as crianças ainda não alfabetizadas são estimuladas a criar suas próprias histórias e...

Irmãs levam brinquedos, roupas, mantimentos e esperança às crianças de um lixão

Contamos muitas histórias aqui no RPA, e diariamente recebemos muitos e-mails contando sobre iniciativas e ações feitas por entidades ou pessoas físicas, e a...

Instagram

Felicidário: práticas de felicidade para maiores de 65 anos 9