Ferramenta criada por brasileiros para deficientes auditivos transforma voz em texto

Uma ferramenta inédita para deficientes auditivos e criada por brasileiros está disponível gratuitamente para download e promete transformar a forma como esse público trabalha, estuda e se comunica na web.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por meio do microfone do computador, a extensão de navegador What They Say transcreve automaticamente uma legenda para o áudio em reprodução, permitindo que as pessoas com deficiência auditiva visualizem todas as falas de reuniões, aulas e vídeos. Atualmente disponível para computadores Mac, o plugin em breve estará disponível para PCs e, futuramente, em smartphones.

Leia também: Menina aprende libras para se comunicar com pais deficientes auditivos

Criada por funcionários brasileiros da consultoria global de software ThoughtWorks, a ferramenta pretende aumentar a autonomia das pessoas com deficiência auditiva durante reuniões presenciais e a distância. Para Luciano Borges, analista de qualidade da ThoughtWorks e um dos criadores da What They Say, a ferramenta aprimora uma série de rotinas de sua vida profissional e pessoal, como reuniões com clientes e cursos online.

ferramenta deficientes auditivos transcreve voz texto
O plugin What They Say transforma áudio em texto

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Luciano possui deficiência auditiva e faz leitura labial, mas ainda está aprendendo a linguagem LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). “Eu tinha dificuldades de acompanhar as reuniões com a antiga ferramenta do Google que eu utilizava anteriormente, porque ela transcrevia apenas 40% do conteúdo da reunião. A ferramenta criada por nós garante 90% do conteúdo”, destacou Luciano.

Leia também: App ajuda pais deficientes auditivos a diferenciar choro de seus bebês

Segundo o Ministério do Trabalho, quase 80 mil pessoas surdas têm carteira assinada no Brasil. E, embora a Lei de Cotas tenha provocado um aumento de contratações de pessoas com deficiência nas empresas do país, muitos desses postos de trabalho não possuem as adaptações e tecnologias necessárias para que o profissional seja incluído na rotina de trabalho e possa desempenhar plenamente suas funções.

Luciano e a equipe de desenvolvedores estão em constante busca por atualizações e aprimoramentos da ferramenta que, mesmo sem divulgação, já alcançou quase 100 downloads. “O plugin tem sido utilizado internamente e chama a atenção em todos os escritórios onde trabalham pessoas com deficiência auditiva”, afirmou Jackson Matias, desenvolvedor da ThoughtWorks e membro da equipe que criou a ferramenta. Como possui código aberto, o plugin está aberto para contribuições e melhorias, como a inclusão de novos idiomas e funcionalidades.

Clique aqui para instalar o plugin What They Say.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto de capa: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pequena índia esbanja fofura ao mostrar com orgulho a cultura do seu povo (MS)

Joelaine da Silva Cotócio, de 3 anos, é dona de uma simpatia maior que ela. A pequena índia mostra pra todo mundo, como tem...

‘Curativos de afeto’: Após cirurgias, instrumentadora cria ataduras fofas para bebês em hospital de GO

Ao final de toda cirurgia, a instrumentadora cirúrgica de neurocirurgia pediátrica do Hospital da Criança de Goiânia (GO), Ana Carla de Paiva Borges, 32...

Jovem negra de 15 anos passará a vestir a armadura do Homem de Ferro

É muito importante ver um movimento de aumento da representatividade em diversos universos que até então eram pouco difundidos. Um desses exemplos é no universo...

Instituto transforma salas de exames e quimioterapia em ‘aquários’ para crianças

“Devido ao grande tempo que as crianças passam no hospital, horas, anos, decidiu-se humanizar os ambientes”, explica Laurenice, do Instituto Desiderata.

Inovação possibilita que pacientes com Parkinson consigam escrever novamente

O aparelho produz pequenas vibrações no braço do usuário e, dessa forma, interrompe os tremores causados pelo Parkinson.

Instagram