“Praticar e não desistir”: filha de agricultores do RN tira nota 1000 na redação do Enem

A estudante potiguar Evely Aparecida Silva, 20 anos, tirou nota 1000 na redação do Enem (o Exame Nacional do Ensino Médio), cujas notas foram divulgadas na quarta-feira passada (6).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Evely é filha de dois agricultores e sempre estudou em escola pública. Para tirar a nota máxima na redação, ela contou que estudava até seis horas por dia.

“Eu estudava em casa pela internet. Olhava as redações que já tiraram nota máxima e assistia videoaulas para ter mais informações”, relatou a estudante, que mora em Sítio Arapuá, na zona rural de Lagoa de Velhos (RN), a cerca de 100 quilômetros de Natal.

filha de agricultores do RN tira nota 1000 na redação do Enem

Como não tinha acompanhamento ou supervisão, Evely costumava escrever as redações em casa mesmo apenas para praticar e corrigir erros pontuais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“As dicas que eu dou para ir bem nessa jornada de quem tiver estudando é se dedicar e não desistir, mesmo que fique apreensivo. Mas o principal é praticar e não desistir”, aconselhou.

“Eu fazia as redações em casa, criava os meus próprios modelos. Eu tentava corrigir e assim seguia”, disse.

Seu método de estudo deu resultado. Esta é a terceira vez que a estudante presta o Enem, e a evolução é visível. Em 2020, ela tirou 660 na redação. Em 2021, 840 pontos. Agora, “fechou” a redação.

“Eu já sabia que eu tiraria mais de 900, mas eu não imaginava que tiraria 1 mil“, admitiu.

O tema da redação deste ano foi “Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil”, tópico que pegou muita gente de surpresa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felizmente, Evely estava bem preparada, tanto que desenvolveu duas argumentações suficientes para convencer os revisores. “Falei nos meus argumentos da inoperância estatal e da alienação social”, disse.

Agora, ela aguarda a abertura do Sisu para saber qual curso será aprovada: Medicina, Enfermeira ou Engenharia Civil.

Será um sonho que seus pais não tiveram a chance de realizar… Fazer uma faculdade. Para isso, Evely tem o apoio incondicional deles, para que se dedique 100% a esse sonho. “Eles me apoiam muito”, concluiu.

Fonte: 98FM Natal
Fotos: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,806,528SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem trans faz vídeo emocionante celebrando o novo corpo: “Me sentindo livre”

O empresário Roberto Bete, 29 anos, um homem trans, designado do gênero feminino ao nascer, postou recentemente um vídeo emocionante registrando a primeira vez que...

Dezenas de baleias azuis são vistas na Antártida pela 1ª vez em 40 anos

Após 60 anos de caça desenfreada às baleias azuis e jubarte, o litoral da Ilha Geórgia do Sul, na costa da Antártida, virou um...

Jovem empurra cadeira de rodas elétrica de senhora após a bateria ‘morrer’

A mulher ficou parada na rua por 45 minutos, antes do jovem boxeador se aproximar dela e oferecer ajuda.

Envelhecendo juntos: um convite de casamento diferente

Em outubro de 2008, Robert, diretor da agência australiana Mash Dom, casou-se com Helena. Em uma semana, ele criou um convite especial para seu casamento,...

Jovem pede água de aniversário e distribui 14 mil litros no sertão do Ceará

O jovem Pedro Henrique Cardoso pediu um presente para comemorar seu aniversário de 14 anos que pudesse amenizar a situação de dezenas de famílias que convivem com a seca no sertão do Ceará: garrafas de água.

Instagram

"Praticar e não desistir": filha de agricultores do RN tira nota 1000 na redação do Enem 1