Filha ilustra história infantil de pai, que ganha desenho de Ziraldo

Uma filha realizou um grande sonho do seu pai a poucos dias dele completar 60 anos de idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há 26 anos, o pai de Ligia Taddeo participou de um concurso de história infantil com o desenho de uma boca que não sabia o que fazer durante as férias. A boca pediu ajuda para as outras partes do corpo e a melhor sugestão foi a do cérebro: comer um delicioso bolo de chocolate.

Leia também: Paciente fã do Michael Jackson ganha surpresa de médico

O cartunista Ziraldo, criador do Menino Maluquinho e um dos jurados do concurso, ficou encantado com a história criada por Luís Taddeo. Ziraldo ligou para o pai de Ligia, o parabenizou e cogitou publicar a história junto com Luís. Mas, os anos foram passando e a publicação acabou não acontecendo.

“Passado todo esse tempo, para presentearmos meu pai com algo diferente e especial, resolvemos “reabrir o caso””, escreveu Ligia em um post na sua conta pessoal do Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela, sua irmã e sua mãe encontraram a história original, mandaram ilustrá-la e entraram em contato com Ziraldo para explicar a ideia do presente. O cartunista achou o máximo e deu sua contribuição: “Com seus traços, ele o desenhou fazendo o que mais gostou de fazer na vida: ser médico”.

Elas entregaram os dois presentes para Luís no último dia 7 de setembro. Os olhos de Luís encheram de lágrimas quando ele abriu o pacote. “Quando ele abriu o pacote, vi seus olhos encherem de lágrimas emocionado. ‘Mas vocês fizeram tudo isso mesmo? Foi o Ziraldo mesmo que autografou?’”, lembra Ligia.

Leia o relato na íntegra:

“Se você gosta de uma boa história, leia esse post até o final.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Meu pai faz 60 anos semana que vem. E, ontem, entreguei o presente que eu, minha irmã e mãe temos arquitetado desde o mês de Maio.
Há 26 anos, meu pai participou de um concurso de história infantil com a sua criação sobre uma boca que não sabia o que fazer durante as férias. Após perguntar para outras partes do corpo (olho, mão, nariz, etc), a sugestão do cérebro foi de que ela passasse seu tempo comendo um delicioso bolo de chocolate.
Ziraldo, o criador do Menino Maluquinho e também jurado do concurso em questão, ligou para o meu pai parabenizando-o pela sua história naquela ocasião. Nessa conversa, surgiu a possibilidade de uma publicação em conjunto.
Mas isso nunca aconteceu.
Passado todo esse tempo, para presentearmos meu pai com algo diferente e especial, resolvemos “reabrir o caso”.
Encontramos a história original, mandamos ilustrar e entramos em contato com Ziraldo, que adorou a nossa iniciativa e se propôs a autografar o livro recém-nascido.
E o mais legal é que ele gostou tanto da nossa ideia que também fez um presente para o meu pai. Com seus traços, ele o desenhou fazendo o que mais gostou de fazer na vida: ser médico.

Ontem entreguei esses dois presentes embrulhados juntos. Quando ele abriu o pacote, vi seus olhos encherem de lágrimas emocionado. “Mas vocês fizeram tudo isso mesmo? Foi o Ziraldo mesmo que autografou?”.
Sim, pai, tudo isso mesmo. E você merece até mais pela pessoa que é.

Meu pai faz 60 anos esse ano. E parafraseando o Ziraldo: Viva o Luís Taddeo!

Agradecimento especial ao Giovanni Pedroni, ilustrador maravilhosíssimo que fez um lindo trabalho…”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito da foto: Reprodução/Facebook Ligia Taddeo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Esta foto já é linda, mas a história por trás dela é ainda mais especial

Parece que ela está lendo para o cãozinho (e até poderia..rs). Mas essa foto que acabamos de ver circulando pela web nos encheu de...

Impossibilitada de criar os filhos por ser doente mental, mulher e filho se reencontram após 38 anos

Adair Júnior Landim passou 38 anos longe de sua mãe biológica, Zélia Landim, após ter sido adotado por uma tia paterna e, apenas no...

Mochilas em forma de animais protegem cabeça do bebê e são super fofas

Sabemos o quão frágeis são as cabecinhas dos bebês após o nascimento até o segundo ano de vida. Nos primeiros meses, curiosos e aventureiros, eles...

Pai encomenda boneca personalizada parecida com a filha

Papai mandou personalizar uma boneca para ficar igual a pequena Skylar.

Há mais de 10 anos, dupla de cães acompanha caminhão da coleta de lixo em São Paulo

“O pessoal brinca que eles têm até o crachá da empresa."

Instagram