Filha raspa tacos da sala e escreve declaração para pai com Alzheimer

A psicóloga Anabela Sabino decidiu homenagear o pai, que tem Alzheimer, e demonstrar para ele que sempre estará lá quando precisar, e para que ele sempre se lembre do quanto ela o ama.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela raspou a cera do taco da sala da casa, diante da poltrona preferida dele, e escreveu uma declaração: ‘Pai, amo você’.

Anabela mora em Curitiba (PR) e o pai, de 93 anos, em Londrina, no norte paranaense. Por orientação médica, o idoso não pode sair de casa.

Sair de casa ou se mudar de residência pode acelerar o seu quadro clínico. “Longe do ambiente que lhe é familiar, ele fica muito perturbado, e os sintomas da doença se agravam”, contou Anabela.

Um amigo da família e duas cuidadoras moram com o pai da psicóloga. Eles se revezam nas tarefas do dia a dia, sempre supervisionadas pelos quatro filhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

filha homenagem pai com alzheimer declaração chão da sala
Foto: Arquivo pessoal

Filha raspa tacos da sala para escrever declaração

Anabela conta que dois meses atrás foi visitar o pai em Londrina. Ela percebeu que o chão da sala, o cômodo preferido dele, estava maltratado pelo excesso de cera.

“Sabendo do potencial do piso, resolvi raspar a cera, para ver como ficava. Depois de raspar alguns tacos, olhei para meu pai diante de mim e imediatamente me veio a ideia de fazer algo mais significativo”, justificou.

Leia tambémVovô com Alzheimer lembra música feita por neto em sua homenagem

A psicóloga começou a raspar o chão e o borrão inicial se transformou na letra ‘A’. Segundo ela, a palavra principal era o verbo da frase, por isso, deveria ser ‘amo’. Em seguida, criou a frase com o espaço que sobrava.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Escrevi bem grande para que ele não tivesse dificuldade de ler. Aquilo era o que meu coração ditou para minha mão. Fiz com tanto prazer e movida por emoção tão boa que nem percebi o tempo passar. Escrevi com uma espátula improvisada de um centímetro. Foi assim, meio sem pensar, movida pelo sentir.”

filha homenagem pai com alzheimer declaração chão da sala
Foto: Arquivo pessoal

‘Esquecer você, nunca!’

Anabela brinca que o pai nem se deu conta da sua arte, pois estava muito “envolvido com seu mundo misterioso entre um cochilo e outro”. Ao terminar, ela sentou-se ao lado dele, em sua poltrona preferida, e pediu para que o pai com Alzheimer lesse a declaração.

Ele leu em voz alta e deu uma risadinha. Aí, lhe disse: escrevi bem na frente da sua poltrona, para o senhor ler sempre e não se esquecer de mim e o quanto eu amo o senhor. E, com muita clareza, ele me respondeu: ‘Esquecer você, nunca’”, contou emocionada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

filha homenagem pai com alzheimer declaração chão da sala
Anabela e seu pai, que tem Alzheimer. Foto: Arquivo pessoal

“Eu sei que chegará o dia que ele esquecerá todos os seus amores, mas sei também, que esse esquecimento é superficial, motivado por uma falha física, mas não na profundidade da alma, que é imortal.”

Leia também: Cachorro aprende a levar dono com Alzheimer para casa todos os dias

Anabela também é escritora e um de seus livros fala sobre o envelhecimento. Nele, faz algumas reflexões sobre as sabedorias adquiridas com o passar do tempo. O título? ‘Amadurecendo com Sabedoria’.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Ric Mais

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,860,568SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Policial adota criança nascida dentro de viatura

Sargento da Polícia Militar de Sergipe, Simone Linhares comemorou o último “Dia das Mães” com a pequena Samara, de apenas 6 anos, que nasceu...

Anne Frank – Vidas Paralelas estreia na Netflix com tributo sincero de Helen Mirren

O nº 263 de Prinsengracht, em Amsterdã, foi cenário para uma das obras mais vendidas no mundo. A menina Annelies Marie Frank viveu aqui...

Este homem trabalhou 36 anos cavando uma montanha para trazer água para seu vilarejo

Na falta de um valioso e básico recurso para a sobrevivência, um homem trabalhou 36 anos cavando uma montanha para trazer água para seu...

Papelaria em SP imprime currículos gratuitamente

Em tempos de crise econômica, quando as empresas estão mais despedindo do que contratando funcionários, toda ajuda, por menor que seja, é bem-vinda! A campanha...

Eles largaram o trabalho convencional para fazer o que realmente amam

O projeto continuecurioso é uma websérie que documenta a vida de pessoas que largaram o osso das 9h às 18h pra fazer o que realmente gostam. A ideia...

Instagram