Filho autista quebra brinquedo, mãe faz apelo e doação viaja 588 km: “a internet pode ser usada para o bem”

“Fiquei muito feliz e acolhida com tanta dedicação”, disse a mãe do João Pedro, que é autista e não larga por nada uma estrelinha amarela de plástico, um dos seus brinquedos favoritos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alguns dias atrás, João estava na casa da avó dele brincando com a estrelinha que ele ganhou quando tinha 6 anos – hoje, ele tem 14. João deixou o brinquedo cair e nessa a estrelinha quebrou. Chateado, jogou o brinquedo pela janela, e ele foi parar na garagem do prédio.

“Logo pensei, ‘meu Deus ninguém vai dormir, ninguém vai comer, ninguém vai mais nada’. Fomos embora e chegando em casa, ele ficou pedindo pra colar, mas, eu colava e ele descolava. Até com fita crepe colei, mas ele não aceitava”, conta a mãe, Alice.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Alice Pereira (@alice.pereira.710) em

Mães unidas!

João mais uma vez tacou a estrelinha pela janela. Ele mora com a mãe um andar acima do apartamento da avó. Foi então que Alice perguntou em um grupo de WhatsApp de mães TEA (Transtorno do Espectro Autista) se alguém tinha o brinquedo para vender ou doar.

“Na época que ele ganhou a menina falou que era do McDonald’s.”

As mães começaram a procurar em outros grupos, compartilharam nas suas redes sociais, em todo lugar que podiam pra vê se alguém tinha a bendita estrelinha. No meio dessa busca, uma mãe disse que, na verdade, o brinquedo vinha junto com um Xilofone da Fisher Price.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tratamento para Davi, criança de 6 anos que sofre de autismo severo e obesidade mórbida, pedando 90 kg. Clique aqui e contribua.

Brinquedo viajou de São Paulo para Beagá

Até que uma mãe entrou em contato com Alice dizendo que outra mãe, de São Paulo – Alice e João moram em Belo Horizonte, são 588 km de distância – tinha o brinquedo. Ela se chama Márcia e o brinquedo pertencia ao seu filho Lucas, 12 anos.

“Trabalhei o dia todo pensando que quando chegasse em casa, iria procurar. E assim eu fiz. A cada minuto meu coração acelerava por não encontrar, mas quando encontrei, ele disparou. Achei um tesouro“, lembra Marcia.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Alice Pereira (@alice.pereira.710) em

“Falei com o Lucas e logo de primeira ele disse para doar. Fizemos contato e enviei. Achei lindo como essa mensagem chegou longe com a ajuda de tantos grupos que apoiam as famílias autistas, e como a internet pode ser usada para o bem.”

MÃES UNIDAS! EU AMO! 😍

Quem apareceu depois na história foi o próprio McDonald’s.

Eles queriam saber qual estrelinha era aquela. Alice explicou que não era nenhum brinde do Méqui, mas eles acharam tão bonita a história, que resolveram mandar um presente para João comemorar o brinquedo novo!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Alice Pereira (@alice.pereira.710) em

Ai, gente, linda essa união para ver o João Pedro feliz!

[ASSISTA: Segundo episódio do programa do Razões para Acreditar: Era Só  O que Faltava!] 

Tem corte de cabelo com ajuda de vídeo-chamada, tem giro de notícias com nosso comentarista mirim, tem Marcos Mion mandando recado pra menino autista e por aí vai.. bota o fone, e fica com a gente:


selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Impedida de estudar na infância, dona Duzinha aprende a ler e escrever aos 104 anos

Dona Duzinha dos Reis, de 104 anos, começou a estudar recentemente para realizar seu maior sonho: poder ler a Bíblia. Para isso, ela participa de...

Após história viralizar, cobrador poliglota vira Assessor de Relações Internacionais do Rio

A história de Edmilson Antonio da Silva é sobre nunca deixar de acreditar no seu sonho e de se preparar pra quando a oportunidade aparecer.

Chefes premiados cozinham para moradores de rua na Itália

Sabia que cerca de 1/3 de todo o alimentos no mundo é desperdiçados ou jogado fora? No Brasil, doar as milhões de toneladas de alimentos descartados de restaurantes...

Pai constrói fantasias de Halloween incríveis para crianças de cadeira de rodas

Três anos atrás, o filho de Ryan Weimer começou a andar de cadeira de rodas por causa de uma atrofia muscular na espinha. Mas o...

Homem compra bilhete de loteria e doa a moradores de rua, que ganham R$ 350 mil

Quatro jovens, moradores de rua, estavam pedindo ajuda aos clientes de um bar, na cidade de Brest, na França, e receberam algo inusitado: um...

Instagram