Filho de Solimões diz: ‘Meu pai assumiu que eu era gay antes de mim’

O cantor Gabriel Felizardo, 20 anos, filho do sertanejo Solimões, concedeu uma entrevista recentemente e relembrou momentos de sua vida, especialmente a adolescência, quando contou pela primeira vez à outra pessoa que gostava de meninos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gabriel, carinhosamente apelidado de “Gabeu”, também afirmou que seu pai já sabia que ele era gay antes mesmo dele se assumir. Inclusive, o sertanejo abençoou o namoro do filho, relembre aqui.

“Com 14 anos eu comecei a fazer teatro. Eu era super teatral, gostava de arte. E na cabeça do meu pai funcionava assim: ‘Ele não gosta de futebol, quer fazer teatro’… ele foi fazendo um “checklist” e meu pai fala que ele assumiu que eu era gay antes de mim. No teatro eu fiz o meu maior círculo de amizade e tinha muito gay nesse grupo, estávamos passando pelo mesmo processo e nós saímos juntos do armário, mas cada um no seu tempo”, contou Gabeu, que lançou o “pocnejo” recentemente no canal do YouTube Guardei no Armário.

[A Ana Paula é uma mulher trans e foi acolhida pela dona de um salão de beleza, após ter sido vista comendo comida do lixo. Tatiana criou uma vaquinha online para ajudar a moradora de rua a recomeçar sua vida do zero, saiba como ajudar aqui.]

Sempre animado e bem-humorado, Gabeu também relatou como foi contar para o pai que era gay, aos 16 anos. O jovem preferiu se assumir primeiro para Solimões, que havia se separado da mãe de Gabriel pouco tempo antes. “Assim, se desse algo errado não precisaria conviver com ele”. A ideia deu certo e o sertanejo apoiou o filho, mas fez uma série de perguntas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

'Meu pai assumiu que eu era gay antes de mim', diz filho de Solimões
Foto: Reprodução/Instagram

“Foi engraçado de certa forma porque meu pai começou a fazer perguntas para mim: ‘Você tem namorado?’, ‘você gosta de se vestir de mulher?’, ‘qual a diferença entre gay e homossexual?’… e aí parece que eu comecei a dar uma aula para ele. O que eu admiro no meu pai é que muitos tratam o assunto como tabu e nem falam sobre o assunto, mas o meu chega para mim e pergunta as coisas descaradamente”, disse aos risos.

A marca Opaloka é parceira do Razões e apoia a causa LGBT, clique aqui e siga o perfil.

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: iBahia

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,747SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sorveteria em Aracaju é comandada 100% por surdos

Nesta sorveteria de Aracaju, a primeira do tipo no país, desde o proprietário até os funcionários possuem deficiência auditiva: 100% da equipe responsável por produzir...

Borracheiro usa parede de oficina para estudar enquanto trabalha e sonha concluir a faculdade

O borracheiro e estudante de Educação Física, Vladimir Brito, 34 anos, não viu outra alternativa para conciliar o trabalho e a faculdade: para estudar...

Casal encontra foto tirada em Woodstock e recria momento 50 anos depois

O casal Judy e Jerry Griffin se conheceu no mítico dia 15 de agosto de 1969 - o primeiro dia do Festival de Woodstock,...

Bebê resgatada por militar no Aeroporto de Cabul hoje vive nos EUA: ‘Ela é uma lutadora’, diz pai

Já faz quase dois meses que o grupo fundamentalista Talibã tomou o poder no Afeganistão. Talvez um dos momentos mais críticos dessa investida tenha...

Instagram

Filho de Solimões diz: 'Meu pai assumiu que eu era gay antes de mim' 1