Filho usa escada para matar saudade da mãe de 80 anos sem violar quarentena em PE

Como você se sentiria se precisasse ficar afastado da sua mãe, sem poder tocá-la? Foi o que aconteceu com o pernambucano Saulo Luiz de Albuquerque, que decidiu se afastar fisicamente da mãe, uma idosa de 80 anos, após apresentar sintomas semelhantes ao da gripe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Acostumado a vê-la todos os dias, ele encontrou uma maneira simples e criativa para matar a saudade e continuar se comunicando com ela.

Inclusive, Saulo perdeu seu antigo emprego e agora precisa de apoio para continuar cuidando da mãe da melhor forma possível. Criamos uma vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

Com o auxílio de uma escada, Saulo se debruça sobre a janela para conversar com a mãe, que fica dentro do quarto no primeiro andar de um prédio de Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife (PE).

O que a gente não faz pra ver a mãe, né? 😄

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

filho usa escada matar saudade mãe sem quebrar isolamento social
Foto: Reprodução/TV Globo

O pernambucano ficou bastante preocupado após apresentar sintomas compatíveis com a Covid-19, porém mais próximos de uma gripe.

Receoso de poder estar contaminado e eventualmente infectar sua mãe, ele passou a intensificar a proteção para a Dona Maria Emerita de Albuquerque.

Exemplo de amor

Há alguns anos, a idosa sofreu uma fratura no fêmur e perdeu a visão, decorrente de um AVC. Desde então, tem sido cuidada pelo filho, que a trata como uma ‘joia rara‘ – frágil e extremamente preciosa. 💕

Saulo, que trabalha como conferente de cargas, precisou abandonar alguns hábitos diários que mantinha com a mãe, como abraçá-la e beijá-la. A escada até o quarto dela se tornou o único meio de amenizar a saudade sem riscos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu tive a ideia de colocar uma escada do lado de fora e ter acesso ao quarto dela, mantendo distância, para ficar conversando com ela, vendo ela. Ultimamente, só minha irmã está tendo acesso a ela, para evitar muito contato físico. Por causa disso, minha mãe também se sente muito sozinha”, afirmou.

Para além das dificuldades impostas pela própria pandemia, incluindo aqui as financeiras, Saulo conta que o que mais dói é ficar longe de sua mãe. 😔

filho usa escada matar saudade mãe sem quebrar isolamento social
Foto: Reprodução/Facebook

“O medo impera. Minha mãe já tem uma saúde muito frágil, devido à idade, a todas as doenças que já teve e por ser diabética. Minha maior vontade hoje seria voltar à rotina normal, penteando o cabelo dela, cortando o cabelo e as unhas, trocando a fralda dela. É o maior cuidado. A parte mais difícil, para mim, é o distanciamento. Dói muito, de verdade”, afirmou o pernambucano, que divide os cuidados da idosa com o filho, a sobrinha e a irmã.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele conta que os sintomas gripais começaram no final de abril – dias depois, ele foi a um posto de saúde da região, onde uma médica descartou a Covid-19. Ainda assim ele permanece alerta, uma vez que manifesta sintomas bem semelhantes, como febre, dor no corpo, dor de cabeça e outros problemas respiratórios.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Saulo Luiz (@saulo.albuquerque.587) em

“O distanciamento já estava acontecendo, mas até então eu estava dentro de casa. Quando tive os sintomas, fiquei totalmente isolado da residência. Estou construindo, na parte de baixo da casa, um espaço com melhor acesso para ela, porque da última vez que ela foi socorrida, até o Samu achou ruim o acesso. Estou dormindo nesse espaço por enquanto”, disse.

Enquanto Saulo mantém seu autoisolamento, a irmã tem cuidado da mãe. “Diante da pandemia, a gente fica com receio de se aproximar e acabar ela pegando uma gripe, ou alguma outra coisa. Dizem que o filho mais novo é sempre mais apegado à mãe, e acho que é meu caso“, concluiu. Que exemplo de amor!!! 😍

ATUALIZAÇÃO!

Saulo perdeu seu antigo emprego e agora precisa de apoio para continuar cuidando da mãe da melhor forma possível. Clique aqui e contribua com sua vaquinha.

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Café em SP fortalece a tendência de trabalhar de bicicleta com assistência aos ciclistas

Hoje em dia, para quem vive em grandes centros urbanos, não é fora do comum o pensamento de abandonar o carro em casa e...

Empregada doméstica por 25 anos, ela se reinventou aos 50 e conquistou a sua independência financeira

De recomeço, a Rosangela entende muito bem! Ela assina embaixo quando dizemos que nunca é tarde para se reinventar. Depois de 25 anos trabalhando...

Professora cria canal no Youtube para contar histórias infantis em Libras

Se tem uma coisa que não podemos negar é que a Internet democratiza e facilita e muito o acesso à educação. Hoje em dia...

Mães escolhem música para o nascimento dos filhos em Olinda

O nascimento de uma criança é a experiência mais marcante da vida dos pais e do próprio bebê. É o primeiro contato do bebê...

Soldados coreanos fazem ballet para diminuir o estresse

São tempos sombrios na península da Coreia com a constante ameaça nuclear vinda do Norte. E se formos até a chamada Zona Desmilitarizada (DMZ), faixa...

Instagram

Filho usa escada para matar saudade da mãe de 80 anos sem violar quarentena em PE 3