Filme ‘O Menino que Descobriu o Vento’, da Netflix, nos lembra da importância de não desistir

William Kamkwamba tinha 14 anos quando construiu a primeira turbina eólica para bombear água pro cultivo  de alimentos no seu vilarejo, no Malawi, um dos países mais pobres da África. Contamos sua história 7 anos atrás e sabíamos que tinha tudo pra virar um filme (relembre aqui).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Menino que Descobriu o Vento, filme original da Netflix, narra a saga de Kamkwamba para acabar com a fome na sua vila, provocada pela seca. A produção chegou ao catálogo no início de março e já está entre as mais assistidas da plataforma.

Kamkwamba ficou conhecido ao participar da conferência TEDGlobal 2007, na Tanzânia. Com a visibilidade alcançada, ele conseguiu apoio para terminar o ensino médio em Linlongue, capital do Malawi. Depois, recebeu uma bolsa para estudar no Dartmouth College, nos Estados Unidos, onde se formou em Estudos Ambientais.

menino descobriu vento
Foto: Reprodução

menino descobriu vento
Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menino descobriu vento
Foto: Reprodução

Dirigido por Chiwetel Ejiofor, O Menino que Descobriu o Vento é baseado numa autobiografia de Kamkwamba, The boy who harnessed the wind, publicada em 2009. Ejiofor também é ator e, na trama, representa o pai do protagonista, o menino William, interpretado pelo queniano Maxwell Simba.

“Há tempos queria dirigir, era uma experiência pela qual sentia que teria de passar. O problema era encontrar a história certa. O livro de William Kamkwamba foi uma descoberta para mim. Como afrodescendente, sou muito sensível à herança cultural africana e aos problemas sociais e políticos que a África enfrenta”, contou Ejiofor na coletiva de seu filme.

menino descobriu vento menino descobriu vento

menino descobriu vento

menino descobriu vento

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem dar spoiler, O Menino que Descobriu o Vento nos lembra da importância de não desistir, quando grandes problemas parecem não ter solução. Assista ao trailer:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,434,652SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Zico transforma os quilômetros que percorreu durante a carreira em doações para ONG

Um dos maiores jogadores da história do futebol continua batendo um bolão, mesmo após quase 30 anos de sua última partida profissional. Arthur Antunes...

Em Gana, professor que ensina alunos a usarem o Word com desenhos na lousa viraliza e recebe doações do mundo todo

Se em alguns países a tecnologia já faz parte da escola já há algum tempo, em outros ela passa longe, mas isso não é...

Brasileira do rúgbi do Brasil recebe pedido de casamento da sua companheira em plena Rio 2016

A Olimpíada Rio 2016 segue emocionando a todos com momentos inesquecíveis. Certamente, uma das cenas que vão entrar para a história dos Jogos é...

Idoso deixa este bilhete no carro que havia batido e diz: “Sou honesto”

Ele poderia fugir do local, mas preferiu esperar o dono do veículo voltar para arcar com os estragos da batida.

Instituto transforma salas de exames e quimioterapia em ‘aquários’ para crianças

“Devido ao grande tempo que as crianças passam no hospital, horas, anos, decidiu-se humanizar os ambientes”, explica Laurenice, do Instituto Desiderata.

Instagram