Filme mostra que somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais.

A premissa de que as diversidades nos fazem iguais nunca fez tanto sentido. Enquanto o mundo entra em guerras por poder alegando supremacias inventadas, nos questionamos: Alguns são melhores do que outros? Tirando fatores econômicos e partindo para os fatos culturais, Dalai Lama responde que não. Somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Se o propósito da vida é alcançar a felicidade, é preciso antes definir o que seria esse objetivo.

No vídeo aqui em questão, são expostas ideias do que seria essa felicidade, como alcançá-la e de onde podemos tirar conclusões acerca da mesma.

Levando em consideração ensinamentos do Budismo Tibetano, encontramos algumas alegações do que viria a ser o estado ideal para o surgimento de uma felicidade pessoal.

O equilíbrio é citado como característica necessária. De que equilíbrio estamos falando? Pois bem, do equilíbrio entre a mente e o corpo. O estado de espírito encontra a felicidade quando a paz é alcançada. Reter sentimentos negativos seria o primeiro passo para acabar com essa paz de espírito. Parece simples, mas estar em paz significa abdicar de sentimentos cotidianos como inveja, raiva, frustração. Numa sociedade onde o querer extrapola qualquer regra de convivência pacífica, devemos nos perguntar se este querer está ligado à necessidade, ou ao simples fato de sermos levados pela ganância. Somos tentados todos os dias com a imensidão de produtos no mercado, com promessas de satisfação. Felicidade é diferente de prazeres momentâneos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A felicidade pessoal só depende de ti, e do teu esforço em alcançá-la perante o mundo que te seduz com diferentes estímulos ligados à competição, e não à compaixão.

Antes de mais nada, lembre-se. Somos todos iguais, e precisamos de paz para alcançar a felicidade. Se fica difícil imaginá-la no exterior de nossas mentes, saiba que ela começa em você.

[vimeo video_id=”82043647″ width=”750″ height=”400″ title=”Yes” byline=”Yes” portrait=”Yes” autoplay=”No” loop=”No” color=”00adef”]

a-busca-da-felicidade a-busca-da-felicidade a-busca-da-felicidade a-busca-da-felicidade a-busca-da-felicidade a-busca-da-felicidade

Filme mostra que somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais. 3
Filme mostra que somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais. 4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

LGBTs se unem para esgotar estoque de padaria que sofreu boicote por fazer biscoitos arco-íris

Uma pequena padaria do Texas perdeu inúmeros pedidos e seguidores no Facebook após publicar uma mensagem de apoio à comunidade LGBT+. Felizmente, a tentativa de...

Após várias semanas em coma, homem acorda depois de receber visita de sua cachorra

Embora a medicina tenha avançado muito nos estudos sobre o coma, ainda não é possível ter uma resposta exata e certeira sobre o que...

Estudante com paralisia cerebral revela talento na escrita: tudo começou com um celular

Professores e alunos da EMEF Franscisco Meirelles, de São Paulo, se mobilizaram para comprar um tablet para o estudante Marcos Gabriel Rocha, 18 anos. Essa...

Casal de idosos que se conheceu na infância estão juntos há 100 anos: ‘O amor é o mesmo desde o 1º dia’

Uma história de amor literalmente centenária! ❤️ O casal Demian, 106 anos, e Anastasia, 102, se conhecem e são, antes de mais nada, amigos há...

Instagram

Filme mostra que somos todos buscadores incansáveis da felicidade. Somos iguais. 6