Flamenguista rifa ingresso da semifinal para salvar seu cão

Doze é o nome da criaturinha que está fazendo seu dono, um flamenguista fanático, rifar o cobiçado ingresso para a semifinal contra o Grêmio, no dia 23, no Maracanã. É que o cachorro, um vira-lata de 5 anos, foi diagnosticado com câncer e precisa fazer um tratamento que irá custar entre 7 e 10 mil reais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A notícia chegou para Danilo Mello, 32 anos, e sua namorada Renata Ragi, 31 anos, na semana passada. Foi feita a biópsia e descobriu-se que Doze tem um câncer muito agressivo e que não pode ser operado. Sua única chance é fazer quimioterapia e radioterapia, mas o tratamento é caro e o casal não tem como arcar com as despesas.

Voltamos da clínica com a cabeça a mil. Estou desempregado e, no momento, só tenho dívidas. Mas sei que o Doze é mais importante. Falei pra Renata que a gente iria dar um jeito”, contou Danilo.

Doze foi resgatado das ruas e adotado pelo casal há 5 anos. Foto: Arquivo pessoal

Doze é um vira-lata, misturado com sharpei, que ama bolinhas e odeia pombos e fogos. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Danilo pensou em vender o carro, mas o veículo é financiado e não está nem com o IPVA pago. Iria render bem pouco. “Fiquei imaginando o que eu tinha de mais valioso e logo me veio à cabeça o ingresso”, disse.

Vaquinha

Foi então que tiveram a ideia de criar uma vaquinha na internet e, como estímulo, sortear o ingresso da semifinal entre os doadores – mesmo como sócio-torcedor, ele só havia conseguido o concorrido ingresso naquela loucura de acordar durante as madrugadas para comprar pela internet.

Renata nem podia acreditar na sugestão de Danilo para salvar Doze: “Ele não perde nenhum jogo, por nada. É daqueles torcedores do nível ‘doido’. Lê todas as notícias, me conta tudo até dos treinos. Dia de jogo é uma gritaria sem fim. Doze fica correndo pela casa”, diz.

Ao ver sua foto para adoção, foi paixão à primeira vista, conta Renata. Foto: Arquivo pessoal

É que o amor por Doze ultrapassa isso. “Vou perder o jogo, mas não meu cachorro. Aliás, nem o jogo: vou ver pela TV”, explica Danilo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Filhote

Doze está com o casal desde junho de 2014. Eles sempre gostaram de cachorro e, desde o início da relação, em dezembro de 2012, planejavam adotar um. Quando se depararam com um filhotinho de menos de dois meses, que havia sido resgatado das ruas, não tiveram dúvidas: era ele! O nome, Doze, é uma homenagem à data em que o casal se conheceu.

Quando vi a foto do Doze pela primeira vez, no Facebook, mal consegui trabalhar o resto do dia. Foi um sentimento diferente. Conversamos sobre adotá-lo e era um pouco de loucura porque não tínhamos muita condição. Mas dois dias depois eu cheguei em casa e o Danilo havia buscado o Doze, de supresa”, lembra Renata.

A vaquinha para salvar Doze começou entre amigos, mas já se espalhou pela internet. Ela vai até o dia 18, data em que será feito o sorteio do ingresso para a partida entre Grêmio e Flamengo. Pra colaborar, basta acessar este link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/rifa-do-doze.

Conteúdo do Rio de Boas Notícias, site parceiro do Razões.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,272,461SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após Madonna compartilhar vídeo, brasileira Maria Solange ganha tratamento em clínica de reabilitação

Histórias como esta mostram o poder das redes sociais, que podem e devem ser usadas para promover o bem. Fã confessa de Madonna desde...

Chefs Especiais realizam almoço especial para idosos de um asilo

Sabe aquele ditado? “Ainda há amor nesse mundo”... Pois é, foi exatamente assim o almoço de natal que os Chefs Especiais (que já falamos...

Igreja na Holanda realiza culto há 800 horas para impedir deportação de família

Em Haia, terceira cidade mais populosa da Holanda, a fé tem sido um instrumento de protesto e esperança. Isso porque os fiéis da Igreja...

Cadeira distribuída gratuitamente melhora a postura de crianças com deficiência

Uma cadeira especialmente desenvolvida para crianças com deficiência criada pelo Centro Israelita de Apoio Multidisciplinar (CIAM), em São Paulo, é nova ferramenta à disposição de...

Adolescentes constroem ponto de ônibus adaptado para menino de 5 anos que usa cadeira de rodas

Um grupo de estudantes do ensino médio de uma escola em Rhode Island, no extremo leste dos EUA, construiu um ponto de ônibus especial,...

Instagram