Florianópolis terá Réveillon sem barulho para não assustar cães

Pela primeira vez desde que as festividades do Réveillon são realizadas, a cidade de Florianópolis se atentará para o barulho causado pelos fogos de artifício, cuja poluição sonora prejudica pessoas com autismo e animais em geral.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A prefeitura anunciou que haverá mudanças no show, de modo a minimizar a poluição sonora das atrações do Réveillon.

No momento, o espetáculo está em fase de orçamento, mas o prefeito já solicitou às empresas interessadas que o material emitam um som de explosão menor, sem perder a qualidade final da queima de fogos. De acordo com a licitação, isso é absolutamente atingível. A Secretaria de Turismo estima que a queima deste ano durará 15 minutos, alimentadas por quatro balsas.

Leia tambémQuase 200 pessoas vão a abrigos confortar cães durante fogos de artifício

“Já havia um pedido das pessoas sobre o estampido dos fogos em relação aos cachorros, que ficam alvoroçados. Sobre as crianças com autismo, recebemos alguns vídeos em que elas ficam muito agitadas com o barulho. Então vamos tentar algo diferente para fazer essa inovação” — disse Juliano Richter Pires, secretário de Turismo de Florianópolis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Florianópolis terá Réveillon sem barulho para não assustar cães
Foto: Cristiano Andujar / Prefeitura de Florianópolis

Para acompanhar a apresentação com os fogos, a prefeitura também encomendou um ‘show de águas’, que será feito com duas bombas hidráulicas instaladas entre o Trapiche e o Bolsão da Casan. A ideia da Secretaria de Turismo é sincronizar som e imagem, tornando o show mais sofisticado tecnicamente. Futuramente, neste mesmo local, será implantada a Marina da Beira-Mar Norte.

Conforme foi aprovado na Câmara de Vereadores, a proposta da secretaria é aproveitar o espaço concedido à iniciativa privada para a realização do show, via PPP (parceria público-privada), e cobrar da empresa responsável um melhor aproveitamento tanto da água utilizada, quanto do material para queima dos fogos.

Leia tambémPrefeitura de SP proíbe soltar fogos de artifício barulhentos no município

De modo a reduzir a qualidade do show, a prefeitura pensou em aliar a apresentação na água aos fogos de artifício, não permitindo justamente que a queima seja a única protagonista do espetáculo. A cortina de água terá 20 metros de altura por 20 metros de largura e promete deixar o público presente boquiaberto!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Destino Florianopólis
Foto de capa: Leo Munhoz / Agencia RBS

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Florianópolis terá Réveillon sem barulho para não assustar cães 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,973,268SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem perde perna em grave acidente de moto e pede ajuda para ter sua prótese e retomar sua vida

A Kevelyn sofreu um acidente grave de moto, no ano passado, que resultou na amputação de parte da sua perna. Desde então, ela usa...

Menina de 11 anos quebra seu cofrinho e doa todas as suas economias para salvar cachorra resgatada

Ah, as crianças estão sempre nos surpreendendo! A mexicana Victoria Montoya, de 11 anos, estava juntando dinheiro para comprar uma coisa que quisesse muito,...

Vendedor de água que foi covardemente agredido em semáforo recebe doações de clientes na Paraíba

No início deste mês, o vendedor de água Wilker Martins, 22 anos, estava trabalhando debaixo de um semáforo em Patos, no sertão paraibano, quando...

Universidade cria Instituto de Gentileza para ensinar e pesquisar sobre bondade

Respaldada pelo embasamento científico, a Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles (EUA), anunciou na semana passada que abrirá o primeiro instituto de pesquisa interdisciplinar do mundo sobre o assunto.

Idosa dá um baile no câncer e faz peruca de tricô para sua cabeça sem cabelo

Uma das partes mais difíceis da quimioterapia é perder o cabelo por causa do tratamento. Nunca é fácil de ver a sua aparência mudar...

Instagram

Florianópolis terá Réveillon sem barulho para não assustar cães 4