Prefeitura constrói fossa ecológica de baixo custo usando pneus em Guapimirim (RJ)

Ainda hoje, quase metade da população brasileira não tem acesso adequado à rede de esgoto. Uma maneira de mudar esse cenário é investir na construção de tratamentos ecológicos, que são tão eficientes, quanto baratos para se fazer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um bom exemplo disso são as fossas sépticas ecológicas instaladas recentemente pela prefeitura de Guapimirim (RJ), feitas com pneus reaproveitados, tubo para filtragem e sumidouro que faz a separação de urina e fezes.

A iniciativa, batizada de “Meu Bairro Agora É Diferente”, já beneficiou 5 residências do bairro Sapê que não tinham acesso à rede de esgoto.

fossa ecológica de baixo custo feita com pneus

Conforme explica a prefeitura municipal, cada fossa utiliza 8 pneus, divididos em dois módulos. A conexão é feita diretamente no vaso sanitário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O módulo I é responsável pela decomposição dos rejeitos pela ação de bactérias anaeróbicas. Lá, a matéria orgânica se deposita no fundo do recipiente, enquanto o líquido gerado segue para módulo II, onde as bactérias continuam atuando.

“A parte final sai 80% tratada podendo ser jogada no solo e não contaminando o lençol freático”, afirma Rodrigo Freire, subsecretário do Ambiente e Sustentabilidade da cidade.

As fossas ecológicas, também chamadas de biodigestoras, tratam o esgoto sanitário de modo eficiente, sem gerar odores, sem gasto de energia elétrica ou de produtos químicos.

Ao final, o processo resultante forma um composto que pode ser usado como fertilizante natural.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além de todos esses benefícios, as fossas sépticas ecológicas diminuem a carga de agentes biológicos perigosos para a saúde humana que se espalham por córregos, rios e o solo.

A iniciativa da prefeitura de Guapimirim foi desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Ambiente e Sustentabilidade e teve a participação da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos para a escolha das residências.

O projeto pode ser expandido futuramente para beneficiar outras famílias carentes que não possuem acesso à rede de esgoto municipal.

Fonte: O Dia
Fotos: Prefeitura de Guapimirim

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina cria ursinho que esconde soro e acalma crianças durante medicação

Quando tinha apenas 7 anos, Ella Casano foi diagnosticada com Trombocitopenia Primária Imune (TPI), uma doença sanguínea autoimune que causa a diminuição do número das...

Um livro-documentário sobre a medicina humanizada no Brasil

No Brasil, sabemos que os hospitais públicos são caóticos e hostis, e por isso muitas vezes médicos e enfermeiros tem uma relação distante com...

Empresa cria novo conceito de embalagens e mostra que plástico é desnecessário

Baseado em Sydney, na Austrália, a agência Leo Burnett criou um conceito de embalagem engenhosa para WWF (Fundo Mundial para a Natureza), para mostrar...

Artista californiano faz casas para mendigos a partir de objetos jogados no lixo

O artista Gregory Kloehn, que vive na California, reaproveita lixo e detritos das ruas da cidade a fim de realizar um projeto verdadeiramente solidário....

Crianças praticam o desapego em feira de trocas em SP, mas são os pais que aprendem mais

Durante uma feira de trocas em São Paulo, presenciamos crianças praticando o desapego e ensinando aos pais o verdadeiro valor das coisas. Muito provavelmente você...

Instagram