Fotógrafo perdeu cliente por apoiar igualdade no casamento. Sua resposta mostra por que #LoveWins

Um fotógrafo da Flórida contou que perdeu um cliente após mostrar o seu apoio on-line pela igualdade no casamento. Sua resposta dele com a situação ganhou uma legião de fãs.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na sequência da decisão marco da Suprema Corte dos EUA de legalizar o casamento gay em todo o país na semana passada, Clinton Brentwood Lee, da Fotografia Brentwood, foi ao Facebook para mostrar o seu apoio à decisão, mudando sua imagem de perfil e foto da capa.

Lee diz que um cliente mais tarde entrou em contato para dizer que eles não usariam mais seus serviços para seu casamento. “O meu noivo e eu apoiamos o casamento tradicional entre um homem e uma mulher e não queremos o nosso dinheiro indo para lugares que apoiam o contrário”, escreveu o cliente.

O fotógrafo compartilhou uma imagem da troca de mensagens no Facebook com o subtítulo: “Perdeu um cliente para apoiar o casamento gay. Mas isso é ok! Nós amamos todos, até mesmo esses ex-cliente que podem não ter gostado da nossa resposta. ”

Screen Shot 2015-07-08 at 7.08.40 AM

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Esta foi a resposta completa de Lee para o cliente:

Uau, eu não estou realmente certo do que dizer aqui. Eu diria que me sinto desiludido, mas eu realmente acho que isso é uma coisa boa, porque agora é a nossa empresa que não gostaria de trabalhar com vocês também.

Não é que porque você tem uma visão diferente de nós, mas é porque, uma vez que você não apoia o casamento gay que ninguém deve fazê-lo. Isso é como eu falar que não gosto de brócolis e exigir que todo o resto do mundo não queira brócolis! Se você não é a favor do casamento gay, não se case com uma mulher.

Pessoalmente, eu fui ensinado a não julgar os outros e amar todos. Então eu vou tentar não julgá-la aqui e não dizer mais nada da minha opinião para vocês.

No Fotografia Brentwood vemos o amor em todas as formas. Agora, eu espero que você leia o primeiro artigo no contrato que assinou declarando que este retentor não é reembolsável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas não se preocupe, eu não vou ficar com esse dinheiro!

Devido a esta conversa, eu decidi doar os seus US$ 1500 para a GLAAD [a Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação], um grupo criado para ajudar e apoiar os direitos dos homossexuais.

Então deixe-me ser o primeiro a dizer, muito obrigado pela sua doação e suporte para esta grande causa!

Eu não poderia ter feito isso sem o seu dinheiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atenciosamente e com amor,

Fotografia Brentwood

O post Facebook já foi curtido mais de 58.000 vezes, com dezenas de internautas elogiando o fotógrafo.

Lee disse ao Buzzfeed que ele também recebeu seu quinhão de mensagens de ódio.

“Eu acho que é verdadeiramente belo a quantidade de mensagens positivas e palavras de encorajamento que tenho recebido, o que é cerca de 90%”, disse ele. “O ódio que sai da boca dessas pessoas me faze querer chorar, mas os 90% me da a força para ficar forte e não ter dúvidas do que eu fiz.”

O fotógrafo acrescentou que ele já foi chamado de “bandido” por não devolver o dinheiro ao cliente. Ele ressaltou, porém, que eles assinaram um contrato afirmando claramente que o depósito não era reembolsável.

Há apenas uma coisa que ele queria mudar nisso tudo.  “Nós não devíamos chamar de ‘casamento gay’, como se fosse algo diferente. É apenas um casamento. Como é entre um homem ou uma mulher ou um negro e um branco. Cada pessoa neste planeta merece seu feliz para sempre, mesmo que seja diferente do seu ponto de vista. ”

Fonte: Hunffigton Post

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,282,832SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pipas ajudam no tratamento e redução de estresse de crianças internadas em hospital

Dezenas de crianças que são pacientes do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém (PA), tiveram um dia super...

Após realizar sonho de meninos, torcedor ajuda família da favela Vila União (SP)

Não é só futebol, minha gente! Essa emocionante história teve início num campo de futebol, quando o torcedor levou os meninos da favela da Vila União para verem um jogo do Corinthians.

Comissária de bordo salva jovem vítima de tráfico humano com bilhete deixado no banheiro

A comissária de bordo Shelia Fedrick conseguiu conversar discretamente com a adolescente.

Homem cria serviço que auxilia idosos a se locomoverem em Lajeado (RS)

O serviço ajuda idosos a se locomoverem, passearem, resolverem problemas, ou apenas receberem um pouco de atenção.

Após Madonna compartilhar vídeo, brasileira Maria Solange ganha tratamento em clínica de reabilitação

Histórias como esta mostram o poder das redes sociais, que podem e devem ser usadas para promover o bem. Fã confessa de Madonna desde...

Instagram

Fotógrafo perdeu cliente por apoiar igualdade no casamento. Sua resposta mostra por que #LoveWins 2