Fotógrafo registra os últimos anos do pai e o declínio de sua memória

O fotógrafo Phillip Toledano registrou os últimos anos de vida de seu pai. Após o falecimento de sua mãe em 2006, Phillip começou a cuidar e a morar com ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Phillip ficou impressionado e chocado com o estado mental do seu pai. Ele não tinha Alzheimer, mas sua memória não gravava nada que fosse recente. Quando voltaram do funeral de sua mãe, ele perguntava a cada 20 minutos onde sua mulher estava. Cuidadosamente, Phillip tinha que explicar que ela morreu.

Depois de um tempo ele percebeu que não podia continuar dizendo que sua mulher havia morrido. Ele não se lembrava. Phillip então decidiu que seu trabalho como filho era fazê-lo o mais feliz possível. Então ele inventou uma história que foi menos dolorosa para os dois. Ele disse que a mãe tinha ido a Paris para cuidar de seu irmão doente. E é aí que ela permaneceu, durante os próximos três anos.

Após o primeiro ano morando com o pai, ele começou a tirar fotos e escrever, registrando o cotidiano dos dois. Ele publicou no site Days With My Father, que começou como um blog e tempos depois se transformou em um livro.

01 02

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu pedi ao meu pai para olhar para o espelho, enquanto eu fotografava ele. Agora, imagine que meu pai era muito bonito quando era jovem. Quando as pessoas falavam “galã de filme”, então, era ele, mesmo, ele foi um ator famoso dos filmes da década de 30. Mas, quando ele olha agora no espelho, ele vê um homem devastado, não mais galã, e isso o deixa muito triste. Agora veja, ele tem 98 anos, e sua vaidade ainda é extraordinária.

 

days_father4

Eu procurei esse caderno por toda a casa… eles são um vislumbre de sua mente, a inquietação que ele tenta esconder de mim.

“Onde está todo mundo?”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O que está acontecendo?”

Como ele se sente perdido.

days_father8

Esse é o George.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Meu pai nunca lembra o nome dele, então ele o chama de “o vira-lata”. (…)

 

 

 

03 04 05 06

Meu pai é um incrível contador de histórias.

Eu adorava ouvi-lo por muito tempo desde que eu me lembro. E eu sempre tive muito orgulho de suas performances vencedoras do Oscar. (…)

07

Meu pai era muito engraçado.

Eu pus esses pequenos cookies em seu peito, e ele disse: “Olha minhas tetas”

Como você não pode rir?

08

Eu amo momentos como esse.

Por um pequeno instante, quase tudo parece normal de novo. Minha mãe não está morta, e não estamos fingindo que ela foi pra Paris. 

Ela saiu para a loja, mas vai voltar rapidamente.

Quão doce isso seria.

09

Meu pai desprende uma quantidade enorme de tempo no banheiro. Porque ele tem perda de memória recente, ele pode ficar lá por horas a fio. É de cortar o coração, mas também dá muita raiva.

Ele vai fazer suas necessidades. E então, quando ele está colocando as calças ele diz: “Espere um segundo, eu tenho que ir”. (…)

10 11days_father21days_father22

 

Então, meu pai faleceu ontem.

Eu fiquei a noite toda com ele, segurando sua mão, escutando sua respiração, me perguntando quando seria seu fim. Ele morreu em sua cama, em casa, com Carla e eu próximos a ele.

Nos últimos três anos, eu estive esperando. Com medo de que ele morresse enquanto eu estivesse fora. Eu não queria que ele fosse sozinho, ou cercado por estranhos, ou plugado a máquinas. Eu sei que soa estranho. Mas eu estou muito agradecido pela forma que aconteceu.

Eu me sinto um sortudo por ter passado os últimos três anos. Por não ter mais nada pra dizer. Por saber que nós amamos um ao outro nus, sem constrangimento. Por ter sentido seu orgulho por minhas realizações. E ter descoberto o quanto engraçado ele era.

Que incrível, incrível presente.

Phillip Toledano.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,241,492SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bolsas brasileiras feitas por haitianas desfilam em Nova York

As bolsas da grife Volta Atelier desfilaram na Semana de Moda de Nova York.

Vida longa! Estudo com centenários descobre proteína que pode ser a chave da longevidade

Verdade seja dita: muita gente quer chegar aos 100 anos e comemorar um século de vida! E de acordo com cientistas da Universidade de...

Neto leva avó de 94 anos para viajar de caminhão pela 1ª vez: ‘Empolgada a viagem toda’

Cerca de um ano atrás, Diego trabalhava como DJ, mas se viu forçado a escolher um novo trabalho. "Eu tinha outras opções, mas a que...

Menino carrega compras na feira para ajudar em casa e internautas o apoiam com vaquinha

O Erikson Bastos, 12 anos, conhecido lá em Pintadas (BA) como Dentinho, é um menino muito guerreiro! Apesar da pouca idade, o garoto vai...

Criança junta ferro velho para ajudar mãe pagar aluguel atrasado e recebe apoio de internautas com vaquinha

Com o olhar triste e preocupado, o pequeno Expedito Correa, de apenas 11 anos, junta ferro velho para ajudar sua mãe que está desempregada,...

Instagram