França vai proibir o uso de animais selvagens em circos itinerantes e parques aquáticos. “O começo de uma nova era”

O governo francês divulgou uma notícia muito importante. Circos itinerantes e parques aquáticos estarão proibidos de usar animais selvagens em suas apresentações artísticas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A boa notícia foi dada pela ministra da Ecologia na França, Barbara Pompili. Ela apresentou um conjunto de medidas para o “bem-estar da fauna selvagem em cativeiro“.

Barbara anunciou ainda o fim da criação de visons americanos destinados à fabricação de roupas e destacou que a “atitude em relação aos animais selvagens em nossa época mudou“.

golfinhos

Chegou o momento de que o nosso fascínio ancestral por estes seres selvagens não se traduza em situações que favoreçam o seu cativeiro ante o seu bem-estar“, disse a ministra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mudança será progressiva

Barbara comunicou que a lei entrará em vigor, mas de forma progressiva. A mudança ocorrerá nos próximos anos, de forma que toda a população tenha real consciência da preservação de animais selvagens.

Fixar uma data não resolve todos os problemas, prefiro iniciar um processo para que aconteça o mais rápido possível“.

elefante de circo

Animais serão assistidos pelo governo

Barbara foi questionada sobre o que deve acontecer com os animais que vivem nesses cativeiros.

Hoje, os circos franceses têm quase 500 animais selvagens e todos terão assistência para cuidados com a saúde e habitat.  “Serão encontradas soluções caso por caso, com cada circo, para cada animal“, disse Barbara.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O governo destinará 8 milhões de euros para o projeto de transformação dos circos itinerantes. Os circos tradicionais não serão afetados porque não transportam animais.

Estamos pedindo (aos circos) que se reinventem, este é um momento em que precisarão de apoio e o Estado vai estar a seu lado“, disse a ministra.

elefante de circo

Mais de 20 países europeus já limitaram ou proibiram os espetáculos de animais. A ação do governo francês, recebeu o apoio de mais de 750.000 pessoas na internet e de 141 parlamentares (seriam necessários 4,7 milhões de signatários e 185 parlamentares para organizar uma votação).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A associação L214 aplaudiu a medida para os visons, mas considerou que apenas “compensa o tempo perdido”. “Vitória”, escreveram no Twitter os promotores do Referendo para os Animais.

[Nota da Redação]

Estamos com a campanha especial #PoderDoSomos com OMO contando histórias incríveis de projetos que transformam vidas! Confira o primeiro projeto selecionado anunciado pela Tatá Werneck:

FONTE: UpSocl

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,994,891SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino de 7 anos vende geladinhos para comprar cestas básicas e doa a famílias carentes na Bahia

Os tempos andam difíceis e todo mundo pode ajudar. Mesmo uma criança, como o Samuel, 7 anos, que surpreendeu os pais um dia desses...

Calendário Pirelli 2016 terá mulheres influentes e inspiradoras em vez de modelos

Quem não conhece o Calendário Pirelli? Desde 1964, anualmente eles desenvolvem um calendário recheado de modelos com pouca ou nenhuma vestimenta que é distribuído para...

Uma vending machine que oferece histórias curtas para alegrar seu dia

Uma máquina muito curiosa chamou atenção nos últimos dias na França. Com apenas três botões, onde você escolhe opções de 1, 3 e 5 minutos,...

VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre

Em Fevereiro de 2021, 10 cidades do Estado do Acre foram atingidas pela que foi considerada a pior enchente dos últimos anos. Como resultado,...

Instagram