Freira argentina cria projeto e constrói casas exclusivas para mulheres trans em vulnerabilidade

A Mónica Astorga teve uma iniciativa muito linda e importante. Ela criou um projeto social que beneficia mulheres trans da Argentina. Com isso, ela conseguiu apoio para construir um pequeno condomínio de casa que vai abrigar 12 moradoras em situação de vulnerabilidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Estas mulheres vivem nas trevas há muito tempo, por isso lhes digo que estas casas devem iluminá-las para os seus companheiros e para que a sociedade compreenda que também elas merecem viver com dignidade e respeito”, comenta Mónica

condomínio social para mulheres trans
Este é o condomínio social criado com apoio da freira Mônica. | Reprodução: UPSOCL

As casas foram construídas em Neuquén e serão ocupadas por 12 mulheres entre 40 e 60 anos, com ou sem companheiro.

Mônica conseguiu o apoio do Instituto Provincial de Habitação e Urbanismo de Neuquén (IPVU), que cedeu um terreno para a construção do condomínio. Além disso, ela buscou outros suportes para levantar e projetar os imóveis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

projeto de casa social para mulheres trans
Mônica e as moradoras conhecendo o projeto do condomínio. | Reprodução: UPSOCL

Foram quase 3 anos de construção e seleção das moradoras. A freira diz que não foi fácil escolher, já que todas as candidatas viviam em lugares totalmente sem qualidade de vida. “Elas também merecem viver em um lugar decente e não em quartos pequenos realmente desumanos“, completou.

Ela trabalha com mulheres transexuais há mais de 15 anos

Apesar de ter ganho notoriedade com esse projeto, Mônica já se dedica ao trabalho social há mais de 15 anos. Ela ajuda mulheres trans a sair da prostituição e dos vícios, gerando oportunidade de emprego e vida.

freira e as mulheres selecionadas para o projeto
Essa são as moradoras do condomínio criado por Mônica. | Reprodução: UPSOCL

Para esse projeto, ela criou um regulamento de convivência, onde todas moradoras precisarão seguir. “Têm a obrigação de cumprir as disposições que constam do regulamento de convivência (…) Significa dar vida a essas pessoas e transformar as suas vidas por terem um lugar digno (… ) Essas mulheres vivem no escuro há muito tempo, então digo a elas que essas casas devem iluminá-las para seus companheiros e para que a sociedade possa entender que elas também merecem viver com dignidade e respeito (…) Posso garantir que é o coletivo mais marginalizados, mais maltratados em todos os sentidos.” explica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Que atitude mais linda, não é? Torcemos para que essas mulheres ganhem mais do que um lar nesse novo condomínio!

VEJA TAMBÉM:

O Enzo Tapetti, um menino de 6 anos teve a ideia de vender sucos para ajudar na compra de respiradores do hospital de sua cidade,
Artur Nogueira em SP. Ele já entregou pessoalmente o respirador e ainda deixou um recado super fofo pra gente! ❤️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

FONTE: UPSOCL 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Belo casamento de Igor e Felipe reúne familiares e amigos para celebrar o amor

Todos nossos leitores sabem o quanto gostamos de celebrar o amor, seja ele qual for (rimou..rs), então, quando vimos esse lindo vídeo do casamento...

Cada parte desse vilarejo na Polônia é pintado com flores de todas as cores

Desenhos de flores multicoloridas embelezam o lugar.

Escolas do RJ tiram mais de 11 mil toneladas de gordura da merenda escolar

Alimentos como salsicha, batata frita e refrigerantes foram retirados da alimentação de mais de 30 mil crianças de escolas da rede pública de ensino...

Vendedor que teve celular roubado ganha outro do irmão da mulher que o assaltou no Ceará

Alguns dias atrás, o vendedor de celular Cleiton Manoel Batista foi vítima de um assalto em uma rua de Juazeiro do Norte (CE). Uma...

Gangues de motoqueiros fazem guarda das mesquitas atacadas na Nova Zelândia

"Faremos a rede de segurança montada [na mesquita] para que eles possam orar em paz e sem medo".

Instagram