Funcionários dão radinho de pilha e roupas para morador de rua

Não é porque uma pessoa mora em situação de rua que ela é menos humana do que uma que tem um teto onde morar, pelo contrário. O morador de rua tem sentimentos e não escolheu dormir todas as noites em cima de um pedaço de papelão na calçada e sobreviver de restos de comida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essas pessoas foram parar nas ruas por vários motivos, menos porque querem estar lá. Não conseguimos imaginar coisas muito piores do que receber olhares que tiram o pouco de humanidade que ainda lhe resta. Tratá-las com respeito é o mínimo que todos deveriam fazer.

Leia também: Vendedores compram celular para jovem que olha carros no Rio

Os funcionários de uma loja da Renner, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, fizeram isso e mais um pouco. Eles surpreenderam Solimar, um morador de rua conhecido de todos no comércio da cidade, com um radinho de pilha e roupas no dia do seu aniversário.

“E hoje foi o dia dele ,morador de rua conhecido de tantos, sempre com sua fiel companheira ,a Maristela ou Magricela,( ) e para tantos ele é apenas mais um ,as vezes inconveniente,por seu vício,mas um ser humano,que nós, da Renner, lhe fizemos uma surpresa, agradecido ele chorou e nos fez chorar,e pensar na vida!! Esse é o Solimar , ” o SOL e MAR como ele diz “vivo na rua e sou feliz!! Que Deus o abençoe!!”, escreveu a funcionária Valéria de Paula em um post no seu perfil do Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A atitude de Valéria e dos colegas comoveu os internautas. Muitos deles disseram que os funcionários da loja fizeram diferença na vida do morador de rua, e que sua atitude deveria ser mais recorrente em tempos marcados pelo individualismo e indiferença às pessoas que mais precisam de ajuda.

“Parabéns pela atitude!!! Em época de tanto individualismo e indiferença… DEUS está presente nas coisas simples… mas que realmente nos fazem VER o verdadeiro sentido da VIDA. ‘FAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM’”, comentou uma internauta na publicação.

“Pessoal, eu fico aqui me perguntando de que iria valer a vida, se não fossem momentos como esse, de empatia, podendo trocar essa energia tão boa! O sorrido de todos vocês ele jamais vai esquecer, que showw”, escreveu outra pessoa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nota da Redação:

Tentamos contato com a Valéria para saber mais sobre o Solimar, mas não tivemos retorno até a publicação desta matéria.

crédito das fotos: Reprodução/Facebook Valéria de Paula

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,067,715SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem trans faz vídeo emocionante celebrando o novo corpo: “Me sentindo livre”

O empresário Roberto Bete, 29 anos, um homem trans, designado do gênero feminino ao nascer, postou recentemente um vídeo emocionante registrando a primeira vez que...

Filha leva Carnaval para mãe com câncer que não pode sair de casa

Quando não está trabalhando em festas como animadora, a atriz Mabelle Magalhães está em casa, cuidando da mãe, dona Maria Goretti, 63 anos, que...

Em aulas de tricô, homens se reúnem para discutir masculinidades saudáveis

Em Curitiba, o projeto 'Fio da Conversa' promove encontros destinados para a aprendizagem coletiva sobre o fazer manual e as masculinidades saudáveis.

Um encontro maravilhoso (e emocionante) com Maria Inês: a mãe de 1000 filhos

Uau!! Vou ser sincero com vocês, quando li o título deste vídeo fiquei desconfiado, quando comecei a assistí-lo então, fiquei mais ainda. Pensei “lá...

Cidade americana paga R$ 45 para moradores de rua recolherem lixo

O programa será capaz de criar um ambiente de suporte que possa ajudar na transição das pessoas de rua para um trabalho real futuramente.

Instagram

Funcionários dão radinho de pilha e roupas para morador de rua 2