[VÍDEO] Funcionários de hospital fazem serenata emocionante para pacientes com Covid-19

Na última sexta-feira (26), os pacientes do Hospital do Rim, em Goiânia (GO), receberam uma grande surpresa. Alguns funcionários do local se juntaram e fizeram uma linda serenata com violino para os infectados pela Covid-19.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A apresentação contou com a participação de todos os funcionários do centro de saúde, passando pela ala da Covid-19 e ala cirúrgica. “Uma paciente, que havia ficado intubada e está superando a Covid-19, se emocionou com a apresentação e até bateu palmas”, conta uma das funcionárias.

Veja o vídeo emocionante!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pacientes com covid ganham serenata com violino em hospital de GoiâniaAo som de violino, alguns servidores tentaram levar um pouco de alegria e cantaram para pacientes internados com covid-19 no Hospital do Rim, em Goiânia. A apresentação aconteceu na manhã desta sexta-feira (26).Uma servidora, que preferiu não ter o nome divulgado, conta que todas as pessoas que participaram da apresentação trabalham no hospital. A música passou pela ala covid e pela ala cirúrgica.“Uma paciente, que havia ficado intubada e está superando a doença que vitimou milhões de pessoas, se emocionou com a apresentação e até bateu palmas”, conta a trabalhadora.Ela disse ainda que a intenção foi humanizar o atendimento e que o paciente pudesse se sentir acolhido pela equipe. “A musicoterapia pode estimular o bom humor, reduzir a ansiedade, o estresse, a depressão, melhora a expressão corporal, aumente a capacidade respiratória e estimule a coordenação do movimento”, ressalta.Segundo o hospital, as apresentações serão realizadas quinzenalmente. “Cinco colaboradores tocaram, mas no total são 13 inscritos para participar do projeto”.

Publicado por Mais Goiás em Sexta-feira, 26 de março de 2021

A música é Hallelujah, de Leonard Cohen. Sua letra fala sobre fé e espiritualidade e a melodia, apesar de antiga, ainda tem o poder de emocionar muita gente!

“A musicoterapia pode estimular o bom-humor, reduzir a ansiedade, o estresse, a depressão, melhorar a expressão corporal, aumentar a capacidade respiratória e estimular a coordenação do movimento”, ressalta a funcionária.

De acordo o Hospital do Rim, as apresentações serão feitas quinzenalmente e a intenção é humanizar o atendimento e fazer com que os pacientes com Covid-19 se sintam acolhidos e amados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Mais Goiás

Mais histórias inspiradoras? Temos! Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Este incrível dispositivo deixa qualquer cadeira de rodas obsoleta

Os cadeirantes encontram muitos desafios no dia a dia e um deles tem a ver com a própria saúde do corpo: ficar sentado por...

Designer constrói mais de 3 mil casas de passarinhos para protegê-los da poluição sonora nas cidades

A poluição sonora nos grandes centros urbanos provoca o afastamento de vários animais, como as aves. A queda do número de espécies e o desequilíbrio...

Campanha doa mais de 45 toneladas de ração para 47 ONGs de proteção animal em vulnerabilidade

Entre maio e junho, 47 ONGs de proteção animal em 11 estados do Brasil e no Distrito Federal receberam R$ 5.997,94 cada para comprar...

Conheça Bosco Farias: deficiente visual e ritmista de um bloco de carnaval de Fortaleza

Bosco toca caixa na bateria do bloco Camaleões do Vila, e não se considera um exemplo de “superação”.

Instagram