Fundador do Razões para Acreditar fará palestra gratuita em SP sobre como a página virou um negócio social

Clique e ouça:

Se tem uma pergunta que vira e mexe aparece na caixa de perguntas do stories do Instagram ou mesmo que nos fazem pessoalmente, em reuniões, ou mesmo em conversas informais é: “Quais são os negócios do Razões para Acreditar?” ou ainda: “Como o Razões ganha dinheiro?“.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E tanto eu como meu sócio Marcelo Martins, percebemos que existe um receio de falar sobre isso, os outros negócios digitais similares não abordam em hipótese alguma esse tema. Seja por medo de que alguém copie o modelo de negócios (o que pra mim não faz sentido, porque tem espaço pra todo mundo), seja por achar que não se deve falar sobre o tema “dinheiro”, por motivos que não entendo.

E antes que também perguntem: Não, o Razões ainda não fatura milhões, mas fatura o suficiente para ter um fluxo de caixa saudável, pagar todos os fornecedores, pró-labore dos sócios e dos redatores e outras envolvidos na empresa e ainda lançar uma plataforma com recursos próprios, que é o caso da VOAA, nossa plataforma de vaquinhas com causa. O que com certeza já nos torna um ‘case’ de sucesso, tendo em vista que muitos projetos digitais não conseguem se transformar em empresa. Contarei sobre isso e outras histórias na palestra amanhã, se inscreva aqui.

Sobre o Razões para Acreditar

O Razões para Acreditar é o maior site de boas notícias e conteúdo positivo do País. Seu propósito é fortalecer o otimismo das pessoas e provar diariamente que existe muita coisa boa acontecendo SIM! Você que não fica sabendo. 

Apenas para dar um exemplo, a plataforma de financiamento coletivo Voaa — que nasceu a partir da necessidade de fazer algo a mais para as pessoas (e não apenas contar suas histórias), dentro do Razões — arrecadou R$ 1,1 milhão, por meio de 52 campanhas, ao longo de seis meses, no ano passado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E algo que sempre falo e repito: é preciso quebrar o tabu de que negócios voltados para causas sociais não podem dar lucro. Claro que é fundamental fazer isso sem desvirtuar a essência do negócio.

No vídeo abaixo, falo um pouquinho do que vai ser a palestra amanhã:

Na palestra também vou abordar os produtos que o Razões hoje tem e oferece para grandes marcas, tais como Nestlé, Electrolux, Starbucks at Home, Intel, O Boticário, Grupo Algar e muito mais. Tudo isso através de ações de branded content, que nada mais são que conteúdos especiais pensados em parcerias com as marcas que resultam em brand channels, lives, vídeos institucionais.

Além disso, falarei sobre como conseguimos ir de 200 mil seguidores no final de 2018 para mais de 1 milhão em pouco mais de um ano. Spoiler: tudo conteúdo orgânico!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Palestra na Be Academy

No próximo Be Talk — evento periodicamente realizado na Be Academy para discutir temas ligados a empreendedorismo, inovação e tecnologia, farei a palestra “As razões por trás do crescimento do “Razões para Acreditar”. A ideia é mostrar as possibilidades de negócios voltados para causas sociais e que podem ser exploradas no ambiente digital. Para garantir sua vaga, inscreva-se aqui.

palestra fundador razões para acreditar

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,653FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,997SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram