Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais

Clique e ouça:

Quando você pensa na palavra “favela” ou “comunidade”, o que vem à cabeça? Muita gente enxerga os problemas que todo mundo está cansado de saber. Mas há muita coisa boa acontecendo nesses lugares e seus moradores com certeza sabem disso. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só falta você descobrir! Afinal, são iniciativas incríveis que afetam todo o conjunto da sociedade positivamente: estamos no mesmo barco, não é mesmo? 

Hoje, Paraisópolis (SP), Heliópolis (SP), Rocinha (RJ), Rio das Pedras (RJ), Cidade de Deus (AM), Baixadas da Condor (PA), Baixadas da Estrada Nova Jurunas (PA), Casa Amarela (PE), Coroadinho (MA) e Sol Nascente (DF) formam o G-10, grupo com as dez maiores comunidades periféricas do Brasil. 

“Queremos mostrar que somos uma potência, que podemos crescer. Queremos ser agentes da nossa própria transformação. […] Em breve, seremos um G-20, G-30″, diz Gilson Rodrigues, de 35 anos, presidente da União dos Moradores de Paraisópolis desde 2009, que lidera o G10 das Favelas ao lado de Reginaldo Lima, do Alemão.

“Vamos reunir dados e bolar estratégias para que as comunidades realmente se tornem polos de negócios sustentáveis”, complementa o advogado Daniel Cavaretti, 35 anos, membro da comissão organizadora do G-10.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É por reconhecer todo esse potencial das comunidades brasileiras que a eSolidar é a plataforma utilizada pelo G-10 em uma campanha que pretende arrecadar 2 milhões de reais que serão investidos em 10 projetos de impacto social nessas comunidades, além de apoiar famílias que vivem em situação de extrema pobreza, para contribuir clique aqui.

“É uma iniciativa sensacional porque são comunidades que exportam talentos reconhecidos internacionalmente, como no balé, na música, no esporte e em competições estudantis, mas que não recebem a devida importância em nosso próprio país”, diz Telma Figueiredo, Country Manager da eSolidar no Brasil, plataforma portuguesa que conecta empresas e pessoas como você e eu a causas sociais que precisam de uma atenção.

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
Gilson Rodrigues, presidente da União dos Moradores de Paraisópolis (SP). Foto: Reprodução/Revista Eventos

“O legal em ajudar é que as pessoas que doarem poderão escolher para onde o dinheiro será destinado e fazer um acompanhamento caso a caso, de modo a haver total transparência e controle”, afirma a ativista.

Você pode doar pelo site, clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Qualquer pessoa pode doar, seja através do cartão de crédito ou PayPal. O dinheiro vai ajudar empreendedores sociais, gerar empregos nas comunidades e atrair investimentos, que é a essência do que busca o G10.”

Para você ter uma ideia, hoje, essas comunidades movimentam 9,6 bilhões todo mês, segundo dados da Outdoor Social! Um olhar diferente muda tudo e é nisso que o Razões também acredita! 😉

Um trabalho com propósito

Após treze anos trabalhando em uma empresa de rastreamento de veículos, Telma percebeu que não estava feliz. Sentia que faltava algo. Ela decidiu, então, largar o emprego e buscar um trabalho que lhe desse flexibilidade.

Telma passou a trabalhar reformando apartamentos em São Paulo (SP), ao mesmo tempo em que se engajava em ações sociais. E olha que demais: a vontade de servir ao próximo também corria nas veias da filha! No seu aniversário de sete anos, ao invés de pedir presentes, a pequena pediu doações para crianças carentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No final da festa, a sala estava lotada de roupas, brinquedos e alimentos prontos para serem doados.

No primeiro ano, mãe e filha conseguiram arrecadar doações para um orfanato de Santa Rosa de Viterbo, no interior de São Paulo. As doações beneficiaram ainda 22 crianças da ONG CAVD e outras oito que vivem em uma comunidade que todo ano sofre com as enchentes do rio Tietê.

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
Telma e a filha no aniversário de sete anos da menina. Ao invés de presentes para ela, doações para crianças de um orfanato. Foto: Arquivo pessoal

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
Foto: Arquivo pessoal

“Em cada trabalho voluntário, percebi que há muito mais gente engajada do que parece. Em cada ação, tudo que queremos é ajudar o próximo. E há muitas maneiras de ajudar: seja doando comida, seja com roupas, seja com dinheiro, seja com seu tempo. Nisso, inspiramos outras pessoas e, unidos, somos capazes de promover grandes mudanças“, afirma Telma.

Telma encontrou o propósito que buscava na eSolidar e um de seus exemplos mais inspiradores vem de casa. 😍  Como ela disse, juntos, podemos promover grandes mudanças e de várias formas! A eSolidar assume esse compromisso realizando também leilões solidários.

Leilões solidários

Além das campanhas de financiamento coletivo, a eSolidar promove leilões solidários, turbinados com a ajuda de artistas e celebridades, que ‘apadrinham’ um item valioso cujo valor será revertido para uma causa social.

Nos leilões, são vendidos desde uma viola de Ivete Sangalo a uma guitarra autografada pelos Scorpions. “Meu marido já arrematou uma guitarra, anos atrás. O dinheiro foi destinado para apoiar uma causa”, diz Telma, que não deixa de acompanhar os lances, atualizados sempre em tempo real. “Os leilões são uma excelente maneira das ONGs captarem recursos para suas ações sociais”, completa.

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
Leilões solidários no portal da eSolidar. Imagem: Reprodução

Desde 2016, a eSolidar mantém uma parceria com o Rock in Rio, que utiliza a plataforma para fazer leilões solidários em prol da Amazônia. Ao todo, foram arrecadados mais de R$ 430 mil para projetos socioambientais da Amazônia Live.

Todos os itens leiloados, desde os instrumentos musicais autografados ao meet and greet com os artistas que passaram pelo palco do maior festival de música da América Latina, contribuíram para o reflorestamento de 73 milhões de árvores na Amazônia e combate ao desmatamento na região.

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
O Rock in Rio arrecadou e leiloou itens de artistas que passaram pelo festival pela primeira vez em 2016. Foto: I Hate Flash / Divulgação

“É muito recompensador ver grandes marcas, como o Rock in Rio, se engajando em campanhas de responsabilidade social. Isso tudo vai muito além da música, pois mobiliza e conscientiza os fãs que participam dos dias de festival sobre as questões de sustentabilidade do país. Em outras palavras, há um retorno para a sociedade”, diz Telma.

A startup foi ainda responsável pelo leilão solidário da “guitarra da diversidade”, da marca Doritos, que foi utilizada pelo músico Andreas Kisser no palco mundo do RiR. O dinheiro arrecadado no leilão foi revertido para a ONG Eternamente Sou, que cuida do bem-estar da comunidade LGBTQI+ na terceira idade.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Doritos® Brasil (@doritosbrasil) em

Leilões beneficiam projetos sociais no mundo todo

Ao todo, a eSolidar já arrecadou mais de R$ 2 milhões com seus leilões solidários ao redor do mundo beneficiando diversos projetos de responsabilidade social. 

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais
Camiseta autografada pelo jogador português Cristiano Ronaldo, leiloada na plataforma da eSolidar. Foto: Reprodução

A startup já soma mais de 50 mil usuários, além de mais de 900 instituições sociais parceiras em diversos países. Com ferramentas simples, a plataforma permite a captação de recursos para iniciativas filantrópicas e que ajudam a dar visibilidade para instituições sociais.

“Queremos mostrar que estamos presentes. Que estamos atuando! Não se trata de aparecer, muito menos de autopromoção. Queremos contagiar, inspirar outras pessoas. Precisamos estimular a cultura da doação em nosso país”, conclui.

Vamos estimular essa cultura da doação? A campanha do G-10 é uma grande oportunidade, clique aqui e apoie.

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,074,367FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,447SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Instagram

Dez maiores favelas do Brasil lançam vaquinha para apoiar ações sociais 15