Gari distribui pão e água para moradores da Cracolândia em São Paulo

Há 1 ano, o gari José Carlos Matos prova que a falta de dinheiro não é desculpa para não ajudar pessoas desamparadas, entregues à própria sorte. Ele está longe de ganhar um bom salário, mas faz o que pode para devolver um pouco de dignidade aos moradores da Cracolândia, em São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O morador de Embu das Artes pega três ônibus e percorre mais de 30 km para chegar ao terminal Princesa Isabel e fazer as doações de pão e água para os dependentes químicos. Antes da Prefeitura e do governo do estado determinar a demolição de casas e prédios na região, a doação era feita duas vezes por semana.

“Eu vinha toda quinta e todo sábado, mas depois que a polícia invadiu aqui dentro do recinto deles, estou vindo todo dia”, disse José, em entrevista para o G1.

Os pães são doados por padarias e a água José consegue em lojas da região. Ele faz as distribuições em uma tenda do programa Braços Abertos – criado na gestão do ex-prefeito Fernando Haddad, para acolher usuários de drogas – e na Praça Princesa Isabel.

A leva de pães acaba em questão de minutos. Os galões de água são recarregados várias vezes. “Já chegou dia que eu cheguei a distribuir mais de 200 litros de água para essas vidas que estão perecendo”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O galão no ombro faz José lembrar da sua infância em Chapada do Norte-MG, quando tinha que ir buscar água com um balde na cabeça. “A minha infância que eu passei não foi boa, passei sem pai sem mãe, eu sei o que é o sofrimento da vida. Eu tenho muito dó daqueles que eu vejo sofrendo diante de mim também”.

José Carlos trabalha à noite na região de Moema. Ele dorme durante o dia e, à tarde, sai para fazer as entregas de pão e água. “Quanto mais eu faço o bem, mais vontade de fazer eu tenho. Isso que me dá força, isso que me dá ânimo para eu lutar pelas vidas. Essa batalha nós só vamos vencer no amor. Não é ignorância, não é violência, não resolve nada”.

Foto: Paula Paiva Paulo/G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Um ano após ninguém aparecer no chá de bebê, jovem mãe faz festinha para filho e reforma casa com vaquinha

A Vanessa Oliveira, de 17 anos, passou por algumas dificuldades com a chegada do filho Arthur. Após uma gravidez inusitada, ela sofreu uma grande...

Argentina nomeia seu primeiro bombeiro com síndrome de Down

Alvaro nunca desistiu de seus sonhos. Desde 2013, o jovem, que tem síndrome de Down, já estagiava no Corpo de Bombeiros de Junín, na...

Web se mobiliza para ajudar mineiro que vive em cômodo improvisado sem energia elétrica e banheiro

O seu Benone, 57 anos, tem uma história de vida muito sofrida. Ele mora sozinho em um cômodo construído em um lote emprestado, em...

Artista californiano faz casas para mendigos a partir de objetos jogados no lixo

O artista Gregory Kloehn, que vive na California, reaproveita lixo e detritos das ruas da cidade a fim de realizar um projeto verdadeiramente solidário....

Conheça Bosco Farias: deficiente visual e ritmista de um bloco de carnaval de Fortaleza

Bosco toca caixa na bateria do bloco Camaleões do Vila, e não se considera um exemplo de “superação”.

Instagram