Menina desafiou Carteira em jogo da velha e agora as duas se divertem diariamente durante a quarentena

0
2165
julia brinca com carteira

Julia Hughes, de 11 anos, queria uma forma de quebrar o tédio da quarentena. Um dia, ela teve a ideia de desafiar a carteira da sua rua. Julia colou um papel com um tabuleiro do jogo da velha dentro de caixa de correio. E a brincadeira deu muito certo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A carteira LaTeasha Wright conta que, no início, não entendeu muito bem o que era o papel desenhado com uma caneta do lado, então não fez nada. Julia não desistiu e, no outro dia, escreveu “0 = você X = eu” e marcou um X em uma das casas.

LaTeasha entrou no jogo e diz que hoje, parar na casa de Julia, ilumina seu dia.

Menina desafiou Carteira em jogo da velha e agora as duas se divertem diariamente durante a quarentena 3

Julia mora com a família em Hilliard, uma cidade de Ohio, nos Estados Unidos. Ela tinha visto no YouTube que algumas pessoas estavam deixando guloseimas e recadinhos carinhosos para os carteiros, mas ela queria fazer diferente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu e meus amigos estávamos jogando jogo da velha no Zoom, então decidi jogar com a carteira. Ela é boa para entregar nossas correspondências todos os dias, e achei que seria divertido”, conta a garotinha.

julia marcando seu jogo da velha

A brincadeira da Julia com LaTeasha começou no dia 30 de abril e de lá para cá, tem sido uma diversão diária para as duas.

Isso me faz sorrir. É bom saber que ela se importa. Todos os dias depois de fazer meu ‘O’, dou um pequeno aceno e um sorriso, caso eles estejam espiando pela janela.”

julia brinca de jogo da velha com carteira

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na semana passada, Julia teve sua primeira vitória. Ela também colou o papel na lateral da caixa de correio para mostrar sua conquista e, claro, começou o novo tabuleiro.

julia venceu o primeiro tabuleiro

“Agora preciso fazer um pequeno placar”, disse o pai de Julia.

É tão bom quando a gente se conecta com outras pessoas, né?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: The Columbus Dispatch

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.