Garota de 18 anos já conquistou 6 medalhas em Olimpíada de Matemática e recebe menção honrosa em premiação

No último dia 14, no Rio de Janeiro, aconteceu o OBMEP –  evento com os estudantes medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas de 2017. A cerimônia, que premiou os melhores resultados do ano, contou com alguns dos alunos bolsistas do Instituto TIM, que recebem uma ajuda de custo mensal no valor de R$ 1.200,00 do Instituto TIM. A iniciativa tem como objetivo dar apoio financeiro para que esses jovens talentos de famílias de baixa renda, possam cursar a universidade. O instituto TIM investe na OBMEP desde 2014, dando oportunidade para jovens de todo o Brasil, que não teriam condições de iniciar uma graduação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ana Maria Paludo, de Pato Branco, no Paraná, já conquistou uma medalha de ouro, quatro de prata, uma de bronze e uma menção honrosa na OBMEP. Ela sempre foi apaixonada por matemática, e agora estuda na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), para se tornar professora. Com a bolsa que possui, ela ajuda nas despesas de casa, compra livros e materiais para a graduação, além de conseguir ter mais tempo para se dedicar aos estudos. A mãe de Ana é costureira e trabalha em casa com as tias. Seu pai sofreu um acidente de caminhão enquanto trabalhava no exército, o que acabou afetando sua coluna. Ele trabalhou depois como eletricista e na área administrativa de um escritório, mas ao longo do tempo houve desgaste nos ossos da coluna. Depois de duas cirurgias, o problema não foi resolvido e o médico recomendou não tentar novamente. Hoje, ele não pode mais trabalhar e recebe auxílio-doença. Como o salário de sua mãe não é alto e seu pai tem muitos gastos com remédios, Ana aproveita a bolsa para ajudar a família.

Ana Maria tem apenas 18 anos, e afirma que quando era criança sua brincadeira preferida era a de fingir que era professora, sempre gostou de ensinar e é apaixonada por matemática, desde sempre. “A matemática me encantava pela precisão, pela lógica, pelo uso no dia a dia”.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Divulgação

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,144,500SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médica canta música para vovó, que melhora e recebe alta

A clínica geral cantou para a idosa a canção “Como é grande o meu amor por você”, de Roberto Carlos.

Invenção simples e barata salva a vida de mais de 150 mil prematuros

Conheça o Embrace, uma bolsa que, com princípios extremamente básicos da Física, consegue manter aquecido o prematuro, invenção essa que salvou a vida de mais...

Jovem perde carro em incêndio e recebe mais de R$ 23 mil em doações para comprar um novo!

Moisés, de 24 anos, tomou um baita susto na noite do dia 21 de agosto. O pai dele o chamou desesperado, porque o seu...

Garoto de 7 anos aplica técnica “Samuzinho” e salva primo engasgado com espinha de peixe

Graças aos conhecimentos recém-adquiridos no projeto "Samuzinho", o pequeno Walter Neto, 7 anos, salvou seu primo, Davi, 3 anos, após ele se engasgar com...

Tatuadora cobre cicatrizes de pessoas que venceram a depressão

A tatuadora australiana Whitney Develle está ajudando pessoas que sofreram de depressão a apagar lembranças desse período triste de suas vidas. Lembranças que carregam...

Instagram

Garota de 18 anos já conquistou 6 medalhas em Olimpíada de Matemática e recebe menção honrosa em premiação 4