Garota ganha prêmio com aquecedor solar reciclado para quem não pode comprar modelo comum

Ela tem apenas 8 anos, mas ganhou um prêmio de inovação pela invenção de um aquecedor solar feito a partir de materiais reciclados e outro como reconhecimento por sua dedicação à ciência, que faz parte de metade de sua vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde que tinha quatro anos, a mexicana Xóchitl Guadalupe Cruz López se interessa por aprender e criar coisas novas. Quando pequena, desenvolveu um aquecedor solar para água feito com painéis de vidro, garrafas PET, mangueiras e troncos de madeira – geringonça que ela instalou no telhado de casa com uma ajudinha do pai.

Ajude a educar jovens periféricos para o mercado de trabalho

  

Ao tomar conhecimento de sua invenção, a UNAM (Universidad Nacional Autónoma de México) entregou à pequena o Reconhecimento ICN à Mulher, criado pelo Instituto de Ciência Nuclear para homenagear mulheres que colaboram com os avanços científicos mexicanos.

menina ganha prêmio invenção aquecedor solar reciclado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aquecedor pensado para os menos favorecidos

Na cerimônia de entrega do prêmio, Xóchitl, a primeira criança a recebê-lo, comentou que “sua inspiração foi ajudar os moradores da região que não têm condições financeiras para comprar aquecedores comuns e precisam usar água gelada em casa, ou apelam para o uso de lenha, cortando árvores e contribuindo com o aquecimento global”.

Leia também: Estudante desenvolve purificador de água da chuva via energia solar

Segundo o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia do México, 36% de todos os pesquisadores científicos registrados no país são mulheres, sendo que o número total cresceu 65% desde 2012.

menina ganha prêmio invenção aquecedor solar reciclado

A UNESCO afirma que 45% das pessoas que realizam pesquisas científicas na América Latina e Caribe são mulheres, fração maior que na Europa (34%) e bem superior à da Ásia (19%).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Treinadas como engenheiras solares, mulheres de Zanzibar levam luz para aldeias remotas

menina ganha prêmio invenção aquecedor solar reciclado

Xóchitl e sua capacidade ímpar de invenção é uma prova viva do quanto vale a pena investir na educação e instigar as garotas a se dedicarem à ciência, demonstrando o potencial das mulheres na busca por inovações que visam melhorar a qualidade de vida da população e torná-la mais dinâmica.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Hypeness/Fotos: Reprodução/UNAM

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,081,366SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante desenvolve purificador de água da chuva via energia solar

A estudante Anna Luisa Santos inventou um dispositivo que torna potável a água da chuva, sem o risco de contaminações químicas de cisternas. A...

Baiana filha de diarista passa em seletiva do Bolshoi e família tenta juntar dinheiro para viagem

Aspirante à bailarina, a pequena Lígia Pires, 9 anos, passou em uma seletiva regional da prestigiada Escola do Teatro Bolshoi e agora seus familiares tentam...

Pai ganha festa surpresa com o tema supermercado: o lugar que ele mais frequenta

É sempre divertido pensar no tema de uma festa de aniversário, não é mesmo? O que dizer então desta festa surpresa que este pai...

Jogadoras da seleção feminina de futebol do Afeganistão ganham hijab especial para a prática do esporte

As jogadoras da seleção feminina do Afeganistão ganharam um uniforme mais adequado para jogarem futebol, nessa terça-feira (8). A empresa de material esportivo Hummel, fornecedora...

Idosos se casam no ritmo de Festa Junina em casa de repouso em Pelotas

Os idosos se casaram no ritmo de 'festa junina', na casa de repouso onde vivem, em Pelotas (RS).

Instagram

Garota ganha prêmio com aquecedor solar reciclado para quem não pode comprar modelo comum 1