[VÍDEO] Garotinho com síndrome de Down conhece sua irmã recém-nascida e não consegue parar de sorrir

Um vídeo está circulando essa semana pelas redes mostrando a reação super fofa de um garotinho de 1 ano, portador de Síndrome de Down, ao conhecer sua irmã mais nova.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

garotinho conhecendo irmã

Ashlyn Williams, mãe de sete filhos, deu as boas-vindas ao bebê Collyns em sua casa, mas estava preocupada que o irmão Brooks pudesse sentir com ciúmes da nova chegada.

No entanto, quando Ashlyn entregou o bebê de uma semana para seu marido Logan, o rosto de Brooks se iluminou e ele não conseguia parar de sorrir ao conhecer sua irmãzinha pela primeira vez.

Quando a mãe tira a bebê de perto dele, ele começa a chorar. Dá para acreditar que uma criança tão pequena tenha criado uma conexão tão imediata com a irmã? É de amolecer o coração de qualquer um!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A carinha dele, no final do vídeo, olhando pra irmã é de encher o coração da gente de fofura! Olha só!

Lindo demais, gente?

FONTE: Psicologias do Brasil

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Morador de rua socorre vítimas durante ataque em Manchester e é recompensado da melhor maneira

Chris Parker, de 33 anos, provou ser um  verdadeiro herói após ajudar vítimas do ataque em Manchester. O morador de rua estava pedindo esmola...

“Tive um encontro com a morte”: Homem relata como sua vida mudou ao salvar a vida de um idoso

A maneira que Lucas Felix, do Rio de Janeiro, enxerga a vida mudou completamente depois do que ele vivenciou na última sexta-feira, ao salvar a...

Três estudantes alemães surpreendem sem-teto e melhoram seu dia

A vida é uma correria e nós muitas vezes passamos por pessoas e lugares sem reparar no mundo que está ao redor. Pensando nisso,...

Irmãs transformam cadeiras de rodas em obras de arte com tampas de rodas coloridas

Izzy Keane queria uma solução para a sua cadeiras de rodas. Ela nasceu com nasceu com espinha bífida e não tem movimentos da cintura...

Quem foi que disse que velhice é doença?

A psicóloga de idosos Raquel Ribeiro (CRP 06/73384), 35 anos, é uma voz ativa no enfrentamento dessa visão negativa da velhice. Ela acredita que os idosos têm totais condições de serem pessoas ativas: a palavra-chave é “adaptação”. O aumento da dependência e dos casos de depressão são alguns dos efeitos mais devastadores quando se associa a velhice à fragilidade.

Instagram

[VÍDEO] Garotinho com síndrome de Down conhece sua irmã recém-nascida e não consegue parar de sorrir 2